Ciência
Acompanhe:

O que é o 'casaco invisível' que confunde câmeras do governo chinês

O InvisDefense, como foi batizado pela equipe por trás do projeto, é "discreto" e de baixo custo; é o primeiro produto que pode evitar detecção de pedestres em público

'Casaco invisível': foto divulgada pela equipe mostra diferença entre pessoa sem (esquerda) e com (direita) o casaco (Wei Hui/South China Morning Post/Reprodução)

'Casaco invisível': foto divulgada pela equipe mostra diferença entre pessoa sem (esquerda) e com (direita) o casaco (Wei Hui/South China Morning Post/Reprodução)

L
Laura Pancini

6 de dezembro de 2022, 10h26

Um grupo de estudantes de pós-graduação na China afirma ter criado um 'casaco invisível' que esconde o corpo humano de câmeras de segurança monitoradas por inteligência artificial (IA).

O InvisDefense, como foi batizado pela equipe, é descrito como discreto e de baixo custo. O custo do conjunto completo é inferior a US$ 70, cerca de R$ 360, afirmam os alunos.

A vestimenta pode ser vista a olho nu, mas consegue cegar câmeras durante o dia. À noite, envia sinais de calor que confundem o aparelho de vigilância.

Quer receber os fatos mais relevantes do Brasil e do mundo direto no seu e-mail toda manhã? Clique aqui e cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.

“Atualmente, muitos dispositivos de vigilância podem detectar corpos humanos. As câmeras na estrada têm funções de detecção de pedestres e os carros inteligentes podem identificar pedestres, estradas e obstáculos. Nosso InvisDefense permite que a câmera capture você, mas não pode dizer se você é humano”, explica o professor que supervisionou o estudo.

O artigo feito pelos alunos da Universidade de Wuhan rendeu primeiro lugar em um concurso patrocinado pela Huawei. O texto também foi aceito por uma das principais conferências acadêmics de IA, a AAAI 2023.

Como as câmeras não detectam o casaco?

Segundo o South China Morning Post, as câmeras conseguem detectar corpos humanos durante o dia ao identificar movimento ou o contorno do corpo.

Para cegá-las, o InvisDefense é coberto por um padrão de camuflagem que interfere no algoritmo de reconhecimento da máquina. Assim, a câmera fica impossibilitada de identificar a pessoa.

À noite, a identificação ocorre por meio de imagens térmicas infravermelhas. Com módulos que controlam a temperatura na área interna, o casaco cria um padrão de temperatura "incomum" e confunde a câmera infravermelha.

“Este é o primeiro produto do setor que pode evitar a detecção de pedestres em público e não levantar suspeitas dos olhos humanos. Por meio de testes no campus, a precisão da detecção de pedestres pode ser reduzida em 57% – esse número pode ser ainda maior no futuro", descreve o professor.

De acordo com ele, os pesquisadores podem usar do algoritmo por trás do 'casaco invisível' para melhorar as tecnologias de reconhecimento facial. “O InvisDefense também pode ser usado em combate anti-drone ou confronto homem-máquina no campo de batalha.”

LEIA TAMBÉM: