Ciência

Medo de ficar gripado? Saiba evitar doenças respiratórias no outono e no inverno

De acordo com especialistas, a prevenção e a realização de check-ups são comportamentos fundamentais para evitar problemas de saúde durante as estações mais frias

Rinite; problemas respiratórios (Foto/Thinkstock)

Rinite; problemas respiratórios (Foto/Thinkstock)

Edicase
Edicase

Agência de notícias

Publicado em 23 de maio de 2023 às 16h38.

As doenças respiratórias são mais comuns no outono e no inverno. Durante essas estações, as temperaturas caem e as pessoas tendem a passar mais tempo em ambientes fechados, onde o ar é menos ventilado e a circulação de germes é mais intensa.

Além disso, o ar frio e seco do outono e do inverno pode irritar as vias respiratórias, tornando-as mais propensas a infecções. Por isso, de acordo com especialistas, a prevenção e a realização de check-ups são fundamentais para evitar problemas de saúde.

Asma nessa época do ano

Entre as doenças respiratórias que mais apresentam piora do quadro nessa época do ano, está a asma. Segundo dados da Fundação ProAR, que reúne profissionais da saúde, pacientes e entusiastas, cujo objetivo é expandir o acesso ao diagnóstico e tratamento das doenças respiratórias crônicas, mais de 20 milhões de pessoas são asmáticas no Brasil, sendo 52,1% sem controle da doença. A asma é hoje a quarta maior causa de internações no SUS, de acordo com a entidade.

Cuidado com a imunidade

A Dra. Juliana Morata, alergista e imunologista do Eco Medical Center (centro médico em Curitiba, que conta com mais de 30 especialidades e exames), destaca a importância de manter a imunidade em dia, com alimentação de qualidade e vacinas em dia, e alerta sobre a importância de evitar os serviços de pronto-atendimentos.

“Na medida do possível, evitar os pronto-atendimentos é uma dica importante nesta época do ano. Se não for nada urgente, o ideal é agendar uma consulta com um médico. Isso diminui as chances de ter contato com outras infecções respiratórias e gastrointestinais, por exemplo”, explica.

Check-up médico para prevenir doenças respiratórias

Para quem sofre com doenças respiratórias de repetição, a alergista e imunologista recomenda a realização de uma avaliação médica. “Para essas pessoas, é importante fazer uma avaliação médica antes do inverno para evitar uma piora do quadro nesta época do ano. Vamos fazer uma avaliação da imunidade, alergias respiratórias e uma avaliação nutricional”, explica.

A médica clínica geral Dra. Juliana Verassin também destaca a importância do check-up para evitar as manifestações de doenças respiratórias durante a estação. “Nós estamos no outono, uma época em que começamos a ter um clima mais úmido. Por isso a importância dos exames de check-up para que não haja manifestações de doenças respiratórias”, afirma a médica.

Cuidado especial com crianças

A pediatra Dra. Fabiana Bernieri destaca a importância do acompanhamento periódico das crianças nas consultas de rotina na pediatria. “O objetivo é identificar precocemente os potenciais riscos de desenvolver doenças, mas, uma vez que essa criança apresente sintomas iniciais de doença leve, nada impede de procurar a consulta no consultório pediátrico e não correr para o pronto-socorro”, afirma.

Segundo a pediatra, os casos que podem ser atendidos em consultório são de sintomas iniciais, como resfriado, viroses gastrointestinais, dor de cabeça e dor de barriga. “O atendimento ambulatorial é muito mais benéfico por não expor a criança a outras infecções”, ressalta.

“[É preciso] deixar para ir ao pronto-socorro naqueles casos em que realmente é necessário, que precisem de intervenção imediata, como febre muito alta, crise convulsiva, vários episódios de vômito, falta de ar com cansaço, esses casos que não adianta levar ao consultório”, complementa a Fabiana.

Acompanhe tudo sobre:Doenças respiratórias

Mais de Ciência

Einstein estava certo sobre a gravidade em buracos negros, diz estudo

'Saquinho' de nicotina ganha adeptos para perda de peso

Usuários do Wegovy mantêm perda de peso por quatro anos, diz Novo Nordisk

Meteoros de rastros do Halley podem ser vistos na madrugada de domingo

Mais na Exame