Acompanhe:

Os foguetes americanos de longo alcance que a Rússia afirma ter identificado no campo de batalha na Ucrânia podem se tornar um recurso estratégico para Kiev nos próximos meses, apontam especialistas.

A Rússia disse na terça-feira que havia derrubado um foguete GLSDB, de pequeno diâmetro, alta precisão e alcance de 150 quilômetros, fabricado pela companhia americana Boeing e a sueca Saab.

Mais longe

Os lançadores de foguete múltiplos americanos os quais os ucranianos dispunham até agora somente alcançam até 80 quilômetros além das linhas russas.

"Os Himars [lançadores de foguetes] já haviam forçado os russos a reorganizar seu comando e logística, tornando-os mais discretos perto do front ou forçando-os a recuar além de 80 quilômetros do front", explica à AFP Léo Péria-Peigné, do Instituto Francês de Relações Internacionais (IFRI).

Agora, com os GLSDB móveis montados sobre caminhões ou "lagartas", "os russos terão de encontrar outras soluções", especialmente, duplicar as distâncias "com uma frota de veículos já limitada".

A costa do Mar Negro controlada pelos russos também está se tornando acessível aos ataques, o que dificulta os abastecimentos russos por barco.

Os Estados Unidos anunciaram em fevereiro que entregariam os novos foguetes à Ucrânia, sem especificar um prazo, mas o governo de Kiev, no entanto, não confirmou.

Na segunda-feira, o Ministério da Defesa britânico informou 14 ataques desde 21 de fevereiro em torno da cidade de Mariupol (sob controle russo, sudeste), a mais de 80 quilômetros do front.

"É provável que a Rússia se preocupe que estejam produzindo explosões inexplicáveis em uma zona que provavelmente antes era considerada fora do alcance da capacidade de ataque ucraniana", disse a mesma fonte.

Qual será o impacto?

O impacto militar está por vir. Cada nova arma entregue aos ucranianos traz uma diversidade de dúvidas sobre sua eficácia.

Os foguetes não são exceção, e este modelo foi testado pela primeira vez na Suécia em 2015, segundo o site da Boeing na internet.

"Este será o primeiro uso real e massivo desta arma que colocará à prova seu desempenho, especialmente em termos de precisão", afirma Léo Péria-Peigné. Segundo seus fabricantes, tem uma precisão de ataque de 1 metro.

A Rússia anunciou a derrubada de um foguete GLSDB logo depois da confirmação de entrega de tanques britânicos, americanos e alemães à Ucrânia, fundamentais, segundo o governo de Kiev, para seus objetivos de reconquista militar.

"Cinquenta tanques, ainda que sejam os melhores do mundo, dificilmente podem ter um efeito estratégico, ao contrário de 10 mil GLSDB, se estes sistemas cumprirem suas promessas", declarou o especialista francês.

Ivan Klyszcz, investigador do Centro Internacional de Defesa e Segurança (ICDS), com sede na Estônia, aponta que "a introdução de novos sistemas pode mudar a dinâmica do front".

Mas, por enquanto, "o esforço de guerra se baseia em homens e obuses", assegura.

A entrega destes novos foguetes também mostra que, ainda que os ocidentais frequentemente hesitem antes de entregar novas armas, em muitos casos acabam fazendo.

Segundo Ivan Klyszcz, a lentidão é explicada pelas dificuldades dos aliados em concordar sobre uma estratégia comum, mas também pelo temor de atrair a ira da Rússia, ou de irritar as opiniões públicas ocidentais cansadas pelo esforço bélico.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Exército de Israel diz ter matado comandante do Hezbollah no Líbano
Mundo

Exército de Israel diz ter matado comandante do Hezbollah no Líbano

Há 8 horas

Câmara dos Representantes vai votar separadamente ajuda a Ucrânia e Israel
Mundo

Câmara dos Representantes vai votar separadamente ajuda a Ucrânia e Israel

Há 18 horas

Guerra entre Rússia e Ucrânia põe usina sob risco de acidente nuclear
Mundo

Guerra entre Rússia e Ucrânia põe usina sob risco de acidente nuclear

Há 19 horas

Sunak: Conversarei com Netanyahu e pedirei 'moderação' quanto ao Irã
Mundo

Sunak: Conversarei com Netanyahu e pedirei 'moderação' quanto ao Irã

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais