Ciência
Acompanhe:

Como funciona o Wegovy, medicamento liberado pela Anvisa para tratar obesidade

Saiba a diferença entre o novo Wegovy e Ozempic, que usam a semaglutida como principio ativo

Medicamento Wegovy: o composto semaglutida também é utilizado para tratar diabetes tipo 2 (Wegovy/Reprodução)

Medicamento Wegovy: o composto semaglutida também é utilizado para tratar diabetes tipo 2 (Wegovy/Reprodução)

A
André Lopes

4 de janeiro de 2023, 09h50

Liberado para recomendação médica em dia 3 de janeiro, Wegovy é uma medicamento injetável desenvolvido para tratar obesidade. O uso é feito através de uma caneta que, ao ser pressionada contra a pele, faz a aplicação da substância de forma subcutânea.

No protocolo aprovado pela Anvisa, a dose mais elevada disponível é de 2,4 mg por semana.

O principio ativo do medicamento, a semaglutida, que já era utilizado no país para o tratamento do diabetes tipo 2, mas com o nome de Ozempic, e aplicado para obesidade de forma off-label, sem orientação da bula.

Quando o Wegovy é recomendado?

De acordo com a Anvisa, o uso de Wegovy se encaixa no seguinte quadro:

  • no controle crônico do peso em adultos com índice de massa corporal (IMC) inicial de 30 kg/m² ou mais (obesidade) ou 27 kg/m² ou mais (sobrepeso);\
  • quando houver a presença de pelo menos uma comorbidade relacionada ao peso, como pressão alta, diabetes tipo 2 e dislipidemia.
  • aliado à uma dieta com baixas calorias e ao aumento da atividade física;

Valor do Wegovy: quanto custa a injeção de semaglutida?

O medicamento Wegovy ainda não chegou no mercado brasileiro e não há uma data definida para que as farmácias o recebam.

No Sistema Único de Saúde (SUS) também não há previsão de implementação e uso da substância.

Contudo, o Ozempic, de mesmo composto e uso semelhante, é encontrado por preços na faixa dos R$800.

Wegovy pode fazer mal?

Os efeitos secundários mais frequentes associados a Wegovy (que podem afetar mais de 1 em cada 10 pessoas) são dores de cabeça, náuseas (sensação de enjoo), vómitos, diarreia, prisão de ventre e dor abdominal (de barriga).

Os efeitos intestinais não desejados acontecem pois composto semaglutida é um análogo ao hormônio GLP-1, existente no intestino.

Logo, toda vez que uma pessoa se alimenta, o hormônio sinaliza para o cérebro que é hora de reduzir a fome, retardar o esvaziamento do estômago e aumentar a produção de insulina, que promove a absorção da glicose nas células.

O que é Wegovy?

O Wegovy (semaglutida 2,4mg) é um agonista receptor do GLP-1 (GLP-1 RA), com 94% de semelhança com o hormônio humano GLP-1 que é produzido naturalmente.

A molécula induz a perda de peso, reduz a fome e aumenta a sensação de saciedade. Assim, Wegovy contribui para que o indivíduo coma menos e, consequentemente, reduza a ingestão calórica.

Como aplicar Wegovy?

Wegovy (semaglutida 2,4mg) tem posologia inicial de 0,25mg, deve ser aplicado uma vez por semana ao longo de um período de 16 semanas, até atingir a dose de manutenção recomendada de 2,4mg uma vez por semana.

A caneta deve ser pressionada contra a pele até o medicamento ser injetado por completo.

A semaglutida não deve ser utilizada com outros produtos que contenham a mesma substância ou outros medicamentos agonistas receptores de GLP-1.

Wegovy (semaglutida 2,4mg) não é recomendado para grávidas ou pessoas que estejam amamentando e deve ser descontinuado pelo menos dois meses antes de uma gravidez planejada, devido à sua longa meia-vida.

LEIA TAMBÉM: