Casual
Acompanhe:

Disney no Brasil: avião da Azul com Margarida completa a frota temática da companhia

A Margarida nas Nuvens foi entregue à Azul no dia 17 de novembro em Toulouse, na França, sede da Airbus

Avião da Azul: modelo é um Airbus 320neo. (Gilson Garrett Jr./Exame)

Avião da Azul: modelo é um Airbus 320neo. (Gilson Garrett Jr./Exame)

G
Gilson Garrett Jr

3 de dezembro de 2022, 08h11

Quase sete mil quilômetros separam a cidade de São Paulo da cidade de Orlando, nos Estados Unidos, onde ficam os parques do Walt Disney World Resort. Mas saiba que se você voar pela Azul dentro do Brasil há uma grande possibilidade de experimentar um pouco da magia Disney. Isso porque o avião temático com a pintura do personagem da Margarida foi entregue à companhia brasileira pela Airbus.

A chamada "Frota mais mágica do mundo" ficou completa com a quarta aeronave do conjunto que conta ainda com um avião do Mickey, outro da Minnie, e, por fim, um do Pato Donald - a primeira foi entregue no fim do ano passado e as três já estão voando. A Margarida nas Nuvens foi entregue à Azul no dia 17 de novembro em Toulouse, na França, sede da Airbus. Não há uma data definida para o início das operações nos céus brasileiros, mas a expectativa é que esteja no ar ainda na primeira quinzena do mês de dezembro.

Renata Lorenzini, gerente de marketing da Azul, explica que não dá para saber exatamente qual a frota que os quatro aviões vão fazer, mas há um cálculo logístico para que elas percorram o maior número de destinos possíveis. O acordo entre Azul e Disney para ter essas aeronaves temáticas é de sete anos, então há bastante tempo para que os passageiros brasileiros tenham a oportunidade de ter um pouco do mundo mágico da Disney no país.

"A complexidade da nossa malha nos impede de prever onde as aeronaves vão estar, mas com certeza voam para os grandes hubs, como Campinas, Recife, Porto Alegre, Manaus e Guarulhos",  explica.

Renata Lorenzini ainda detalha que internamente os aviões são iguais aos demais da frota convencional, mas para quem tiver o privilégio de ser um dos primeiros e embarcar no avião da Margarida terá uma surpresa. "Pelo menos nos três primeiros voos teremos um kit de amenities personalizados. Deixamos também uma cartela de adesivos com o tema do personagem para as crianças", diz.

Avião do Pato Donald que já voa nos ares brasileiros. (Azul/Divulgação)

Para criar todo o desenho foi necessário um trabalho conjunto entre Disney, Azul e Airbus. Agnete Oernsholt, diretora de design da Disney e uma das responsáveis pela arte da aeronave, explica que todo o processo de criação dos quatro aviões levou cerca de um ano. Segundo ela, o conceito teve como fundamento o fato de que era preciso identificar os personagens mesmo a uma distância muito grande.

"Quando você pensa em um desenho para um avião como este, é necessário trabalhar com a mesma ideia de criar algo muito pequeno, como um aplicativo de celular. Mesmo que seja em uma escala muito maior, precisa ser algo muito simples. Essa simplicidade vem da ideia de que quando você olha para o céu, o avião parece muito pequeno, assim como um telefone", explica.

Por enquanto, não há novas aeronaves planejadas no acordo entre Azul e Disney, mas a companhia brasileira avalia que os personagens Zé Carioca, Pluto e Pateta fariam muito sucesso entre os passageiros do Brasil e com certeza estariam em uma eventual nova entrega.

*O jornalista viajou à Toulouse, na França, a convite da Azul, Disney e Airbus.

LEIA TAMBÉM