Carreira

Você é um bom funcionário, mas ainda se sente inseguro? Segundo especialistas, isso tem nome

Funcionários se sentem confortáveis em empresas renomadas, são motivados e disciplinados

Trabalho: mesmo com bom desempenho, funcionário tem medo de ser demitido (Pixabay/Reprodução)

Trabalho: mesmo com bom desempenho, funcionário tem medo de ser demitido (Pixabay/Reprodução)

Publicado em 1 de março de 2024 às 06h50.

Há muitas razões pelas quais os funcionários podem estar se sentindo inseguros no trabalho atualmente: temores de que a inteligência artificial generativa possa acabar com empregos; demissões em massa; aumento do trabalho remoto e, com ele, políticas de retorno ao escritório em constante mudança. Não é de surpreender que as taxas de estresse e ansiedade tenham aumentado consideravelmente após a pandemia.

E alguns empregadores preferem que seja assim.

Laura Empson, professora da Bayes Business School de Londres e autora do livro Leading Professionals, disse à Bloomberg que muitas empresas de grande porte recrutam de forma intencional profissionais talentosos, mas inseguros quanto ao seu futuro, conhecidos como 'superestimadores ansiosos'.

Esses funcionários se sentem confortáveis ao trabalhar em empresas renomadas, são motivados e disciplinados. Os empregadores adoram esse comprometimento.

Se você se enquadra nesse campo, talvez já esteja se reconhecendo. Talvez você receba avaliações de desempenho brilhantes, mas se preocupe com a possibilidade de ser demitido. Talvez você ache que o afeto ou a aprovação de sua família dependa de seu sucesso. Talvez você sinta a necessidade de entregar mais do que o necessário para justificar o quanto cobra. Talvez as pessoas lhe digam para "baixar seus padrões" ou "lembrar o que é mais importante". E talvez o esgotamento esteja começando a parecer um estilo de vida.

Já Svenja Weber, professora da escola de negócios INSEAD, disse à Bloomberg que é um erro colocar o foco apenas nos funcionários, em vez de na dinâmica do local de trabalho. "Se os únicos resultados que importam são os de amanhã, e se você é tão valioso quanto os clientes e colegas julgam que você é, então ser um inseguro não é uma patologia. É uma necessidade."

Melhor seria se os gerentes e executivos questionassem suas próprias suposições. Um bom chefe atenua as inseguranças em vez de aumentá-las. Em vez de elogiar os funcionários que se excedem na entrega, os gerentes devem apontar quando uma planilha com código de cores ou um PowerPoint com 100 slides foi um mau uso de um tempo precioso.

Acompanhe tudo sobre:Ambiente de trabalho

Mais de Carreira

Certificado de saúde mental: O que a empresa precisa fazer para ter esse reconhecimento do governo?

A empresa deveria custear o uso do celular pessoal para fins de trabalho?

Enem dos Concursos: Os locais de provas estarão disponíveis nesta quinta; veja como encontrar o seu

Reembolso de despesas: como a política funciona e quais são as principais categorias?

Mais na Exame