Acompanhe:
seloCarreira

Conhecido como “a Disney da Inovação", o SXSW (ou South by Southwest) é um dos maiores festivais de inovação e criatividade do mundo e na sua 37a edição voltará a reunir em Austin, Texas, pessoas dos mais variados setores para abordar assuntos como Tecnologia, Inteligência Artificial, Mundo do Trabalho, Negócios, Música, Entretenimento, Educação e Moda.

Esta será a minha segunda vez no festival e quero compartilhar o motivo pelo qual já estou com a mala pronta e muito animada para atravessar mais uma vez os portões do Convention Center.

O SXSW teve início em 1987, sendo o ponto de encontro entre negócios, cultura e sociedade por cerca de 10 dias corridos. E só para você ter noção do tamanho do evento, em suas últimas edições, reuniu mais de 70 mil participantes com mais de 250 mil pessoas em todas as atividades, que ficam espalhadas por toda a região de Downtown em Austin. Vale ressaltar que, em 2023, a segunda maior delegação era a brasileira, perdendo somente para a delegação americana.

Em 2024, o festival chega com 24 trilhas temáticas, dedicadas a assuntos como Inteligência Artificial, Mudanças Climáticas, Creator Economy, Futuro do Trabalho, Impacto Social, Brand Experience, Negócios, Política e outros assuntos que refletem  temas mais urgentes do último ano. Vale ressaltar que, para além da Conferência, há ainda, um festival dedicado integralmente à Educação, o SXSW Edu, que acontece alguns dias antes do evento principal e conta também com uma feira de pôsteres, festivais de Filmes & TV, Música e Comédia e exposições dedicadas a lançamentos tech-creativos, realidade estendida e virtual (XR).

E, para além da programação oficial, o evento reúne inúmeras ativações de marcas e eventos promovidos por empresas espalhadas por Austin.

Agora você consegue compreender a minha animação para estar imersa logo nesta realidade? É muita coisa bacana reunida em um mesmo lugar!

E por ser minha segunda vez no SXSW, quero compartilhar alguns aprendizados e referências que podem ajudar você que está indo pela primeira vez ou até você que não está indo, mas que quer entender melhor sobre o festival e acompanhar de perto o que será discutido entre os dias 8 e 16 de março.

Antes de tudo, por que ir ao SXSW?

Sempre que conto sobre a minha animação com a ida para o SXSW, alguém me questiona “e por que ir ao festival, Lorena?” e a minha resposta está sempre na ponta da língua: para abrir a sua cabeça, fazer novas conexões e entender como as coisas podem funcionar no futuro.

O SXSW é um evento que toca profundamente o lado pessoal e o seu profissional - e não é à toa que várias pessoas já mudaram de carreira depois de uma ida ao festival. E não falo isso para amedrontar executivos e deixá-los com os 2 pés atrás antes de enviar pessoas da sua empresa para o evento, muito pelo contrário, esta pode ser a oportunidade da pessoa abrir a cabeça, fazer conexões, fazer negócios, pensar em novas ideias e trazer o que há de mais inovador para dentro da sua empresa.

É como se a pessoa que está indo tivesse a licença poética para fazer tal qual o Bill Gates faz, aquela imersão em documentos, projetos e leituras, sem perder o foco ou se distrair com chamadas, reuniões, e-mails, mas, também, sem estar de férias. Esse é um importante momento para encher-se de ideias, trocar com várias pessoas de vários nichos, negócios, países e realidades diferentes e ganhar um gás essencial para desenvolver projetos impactantes.

Ao longo do ano passado e ainda no começo deste ano eu retornei inúmeras vezes às minhas anotações e recorri aos contatos feitos no SXSW em 2023 para resgatar ideias, materiais, referências e o gás que o evento me entregou.

O que não deixar de fazer durante o festival?

Se esta é a sua primeira no festival, anota aí algumas dicas que eu recebi e outras que fui aprendendo na minha experiência anterior:

Se planejar com antecedência
É realmente muita coisa e se você deixar para olhar a agenda só no dia, pode ser que perca muita coisa legal. Portanto, baixe o aplicativo do evento no seu celular, tire um tempo para  olhar a agenda do SXSW e marque as atividades que você mais curtir - mas calma, não precisa firmar compromisso voraz com elas. Ah! E lembre-se, a programação pode mudar sem aviso prévio, então é sempre bom ficar de olho no site oficial para verificar as informações mais atualizadas: https://schedule.sxsw.com/2024/search/event 

Sincronizar tudo do aplicativo com a sua agenda e ter os endereços salvos no Google Maps

Assim você tem os horários das atividades que você deseja participar e os lugares de cada uma à mão, seja para caminhar até lá, pedir um transporte por aplicativo ou se locomover de patinete elétrico (que funciona super bem, diga-se de passagem). Não se desespere se marcar 5 atividades no mesmo horário, é assim mesmo, importante ter opções porque nunca se sabe onde você estará próximo ao horário e como vão estar as filas para entrada nas palestras.

Ter a cabeça e o coração abertos às experiências fora da caixa

O SXSW é um evento repleto de surpresas e estar aberto a pegar aquele planejamento que você havia feito anteriormente e deixá-lo de lado é essencial para aproveitar o festival de um jeito único. Às vezes você está passando por uma rua ou uma sala e encontra uma ativação legal, faz uma pausa para conversar com alguém ou entra em uma sessão totalmente diferente do que havia imaginado e descobre algo incrível.

Se conectar com as pessoas

Como você já sabe o evento é gigantesco e tem muita gente circulando pelos corredores e avenidas da cidade, mas, também é um evento com filas enormes, então aproveite-as para bater um papo e conhecer pessoas dos mais variados setores da economia e cultura mundial. Também aproveite os afters e happy hours para conhecer gente e fazer muito networking com pessoas incríveis. Só na delegação brasileira teremos de Shark do Shark Tank Brasil a músicos famosos passeando por Austin.

Se permitir fugir da sua área de expertise e experimentar tracks diferentes

Ir lá para aprender a nossa área é incrível, mas te confesso que as palestras que mais me impactaram foram justamente aquelas que, a princípio, não tinham muito a ver com as temáticas que eu trabalho no dia a dia como Futuro do Trabalho, Negócios e Educação. E foram justamente nas palestras sobre relacionamentos, metaverso, realidade aumentada, esportes e criatividade que eu mais trouxe informações totalmente disruptivas para a minha realidade de trabalho.

Experimentar tecnologias que podem te auxiliar no dia a dia em Austin

No ano passado, o Otter.Ai (uma inteligência artificial de transcrição de falas) salvou a vida de quem precisava se dividir entre fazer anotações relevantes e prestar atenção no que era dito e mostrado, e confesso que estou ansiosa para saber qual será a (ou, quem sabe, as?) ferramenta que vai transformar a experiência durante o festival! Uma das minhas apostas é a Stela, a versão beta de uma IA que promete responder tudo sobre o SXSW.

Dica essencial: como você usa muito o seu celular ao longo do dia para anotações e transcrições tenha com você carregadores portáteis para não ficar na mão sem celular ao longo do dia. E não esqueça de carregá-los toda noite ao chegar no hotel para descansar. 

Trabalhar a sua FOMO

O FOMO (Fear Of Missing Out, a sensação de estar perdendo algo) é muito real durante o SXSW, então é muito importante controlar a sua vontade de estar em todos os lugares ao mesmo tempo e entender que dentre aquelas 10 sessões que você separou terá uma que fará mais sentido para você e que provavelmente alguém estará naquela sessão, mesmo que você não consiga estar presente, e pode compartilhar com você as suas anotações e percepções. Inclusive essa é uma excelente oportunidade para iniciar uma conversa. Além disso, os talks principais são todos gravados e ficam disponíveis para você assistir depois. Tenha certeza que você volta de Austin, mas continua imerso no mundo do SXSW vendo os conteúdos que não conseguiu ver ao vivo.

Conhecer a cidade

Austin é uma cidade muito legal, então aproveite para ir ao Pete’s ver um duelo de pianos (e cantar Evidências com os demais brasileiros), ao The White Horse e ver a legítima dança country do Texas, ao Terry’s Black e experimentar o churrasco texano e aos jogos da NBA que acontecerão à cidade. Há ainda várias programações aos redores da cidade 

Procurar os grupos no whatsapp de brasileiros que estão indo para o SXSW 24

Ao longo de todo o evento será muito comum ouvir o português pelos corredores do Convention Center. E brasileiro você sabe, né? Sempre disposto a ajudar o outro, fora do Brasil então. Um dos grupos mais famosos é o da White Rabbit, comandado pela Vanessa Mathias, lá as dicas rolam soltas e o pessoal se junta para dividir até o hotel. No ano passado todo mundo também se ajudou compartilhando as transcrições do otter.ia de basicamente todas as palestras, então mesmo perdendo alguma que você gostaria de estar, você consegue acesso aos materiais. E sem contar, todos os happy hours, meetups, etc que são combinados por lá.

Entender a sua localização e onde ficar em Austin

A essa altura quem vai ao evento muito provavelmente já está com hotel fechado, mas quem não vai ficar a “walk distance” do evento pode estar inseguro de como vai fazer no dia a dia lá. O melhor dos mundos realmente é ficar a uma distância que você consiga ir a pé a tudo, porém os valores são um grande impeditivo. Ano passado fiquei num hotel a 6 km do convention center e posso dizer que deu tudo muito certo! Não passei absolutamente nenhum perrengue para chegar no local ou ir embora. Uber e Lyft funcionam muito bem. Muitos brasileiros compartilharam no grupo que usaram transportes públicos ou alugaram patinetes e também tiveram boas experiências. Então fique tranquilo se não estiver tão perto de Downtown Austin.

Levar roupas confortáveis e adequadas às situações mais adversas

Essa é para quem, assim como eu, está no ritmo de preparação das malas: Austin é uma caixinha de surpresas climáticas, portanto esteja preparado para enfrentar, em um mesmo dia, muito frio, muito calor e chuva (e eu não estou brincando, isso aconteceu de verdade no ano passado, com direito a alerta de tufão e tudo mais). Assim, é super válido ter uma segunda pele e um casaco quentinho sempre à mão (fora que os ares-condicionados dos hotéis e do Convention Center estão sempre no máximo), assim como camisetas e blusas mais frescas. Também é válido falar que você vai andar muito, muito mesmo, entre uma atração e outra, portanto, sapatos confortáveis são mandatórios na sua mala do evento.

Dicas infalíveis para se dar bem no SXSW

Para deixar esse guia ainda mais completo, convidei alguns parceiros de SXSW para me ajudarem a te dar dicas infalíveis para você aproveitar o evento. Confira:

“O importante de um evento grande como o SXSW é você entender que a experiência dele como um todo é o que vale a pena e não necessariamente você tentar assistir todas as palestras possíveis. Dá sim um FOMO diante do line-up, que é muito rico, tem muita coisa boa, mas participar dos happy hours das empresas, conhecer os locais de ativação das grandes marcas e fazer networking com os participantes é parte fundamental da experiência desse evento. Então, equilibrar a jornada de conteúdo com a jornada de interação é fundamental e vai fazer que certamente sua experiência seja muito superior.” - Bruno Leonardo, VP de Educação Corporativa da Exame

“Minha paixão pelo SXSW já dura 14 anos! O que mais me encanta nesse evento é a oportunidade de me conectar com pessoas de diferentes áreas e conhecer as tecnologias disruptivas que estão moldando o futuro. Para mim, a chave para aproveitar ao máximo o festival é sair da minha zona de conforto e participar de palestras e workshops sobre temas que fogem da minha área de atuação. Isso me força a pensar fora da caixa e ter novas perspectiva.” - Débora Mioranzza, VP of Sales da Degreed

“Escolha uma palestra pela manhã e uma à tarde. Veja se no mesmo lugar as palestras anteriores e depois são legais, para não correr mais que estudante para o Enem.” - Vanessa Mathias, Co-Founder da White Rabbit

“A experiência do SXSW é super ampla! Bem na lógica do CEP mais R, o foco não é só no conteúdo, mas olhar para as experiências, para as pessoas e para as redes que tem lá. Então, como tem muita, muita, muita, muita coisa, o FOMO lá é louco. Então, o que vale é olhar de forma ampla para o evento: vai ter palestra que é legal, conversar na fila é legal, vai ter workshop, vai ter que ir nas casas de marca, o churrasco, então vale a pena buscar uma experiência super ampla. Não foca só no conteúdo, o lugar da Fast Company, eu acho que é um dos lugares que tem mais coisas diferentes, cuidado com a vontade de olhar, pegar e postar em rede social rapidamente (isso te consome uma energia que te impede de estar lá) e uma quarta dica é que tem muito, muito, muito brasileiro, o que é muito legal para gerar conexões, mas vale um esforço para se conectar com pessoas diferentes, de outros países, e não andar só com o time brasileiro (esse é um esforço vale a pena pra completar a experiência!)” - Conrado Schlochauer, Autor, Palestrante e Founder da nōvi

O que destacamos na programação deste ano?

Quer conhecer alguns dos destaques da programação? Não importa se você irá presencialmente ao SXSW ou não, selecionei, junto ao Bruno, Vanessa, Débora e Conrado alguns dos principais temas e nomes da programação que ficaremos de olho:

A Débora Mioranzza selecionou as palestras "Green Jobs & Gen Z: The Future of Work" e "Keynote: A Conversation with Dr. Joy Buolamwini" como as suas apostas para experiências inspiradoras e enriquecedoras.

Já o Bruno Leonardo está com uma lista cheia de palestras e eventos para ir, mas aposta em:

 “Featured Session: Billion Dollar Teams: The Future of an AI Powered Workforce”, 

“AI's Renaissance: A Dynamic Shift for Business and Society”, 

“Featured Session: People First, Always: How to Put Values at the Heart of Your Business” 

 “ Trend by Any Other Name: Decoding the Reality of ‘Trends’”.

“Featured Session: AI and Humanity’s Co-evolution with OpenAI’s Head of ChatGPT”,

 “Designing the Future: How Innovators Create What's Next”, “No Algorithm for Culture: How Humans See What AI Can't”, 

“AI and the Future of Loneliness” e

 “Unlocking Us’ Live with Dr. Brené Brown Featuring Esther Perel”.

Enquanto isso, a Vanessa Mathias indicou não uma palestra, mas o palco da VOX MEDIA, eles vão fazer um palco de podcast que parece melhores momentos do SXSW com pessoas muito legais dos últimos dez anos de evento, como Brené Brown, Esther Perel, Trevor Noah, Scott Galloway e muitos outros. 

Já o Conrado, indicou “ Creativity in Fluz: Art & Artificial Intelligence”.

E, por fim, dentro da minha lista eu separei a Masterclass “Learning in Unexpected Ways: Power of Personal Narratives” com o John Scott, a palestra “Emotional Artificial Intelligence: Measuring Mood at Work” com o Nathan Jones e a live “Pivot” com a Kara Swisher e o Scott Galloway, que eu adoro e estou sempre atenta ao que ele está falando e produzindo!

E aí, ficou tão animado quanto eu para viver esse paraíso? Então para entrar no clima, como última dica, compartilho a playlist criada pelo “Música pra quê?” com vários dos artistas que tocarão durante o festival: https://open.spotify.com/playlist/7j9e9zM00KbUjPXDMqeSt8?si=afb12c5e3d1f4b36

Se você estiver no festival, nos encontramos por lá e se você não vai, nos vemos por aqui! Eu e Bruno faremos  conteúdos com frequência tanto aqui no site da Exame, quanto no instagram da Exame Corporate Education:  https://www.instagram.com/examecorporate.

Não perca nada! ;)

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
O que diz a CLT sobre banco de horas e como funciona
seloGuia de Carreira

O que diz a CLT sobre banco de horas e como funciona

Há 15 horas

O que é People Analytics? Saiba como aplicar no RH
seloGuia de Carreira

O que é People Analytics? Saiba como aplicar no RH

Há 15 horas

5 Impactos da Inteligência Artificial nas estruturas organizacionais
seloCarreira

5 Impactos da Inteligência Artificial nas estruturas organizacionais

Há 16 horas

O que são ‘mad skills’ e como reconhecer colaboradores com habilidades extraordinárias?
Um conteúdo Bússola

O que são ‘mad skills’ e como reconhecer colaboradores com habilidades extraordinárias?

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais