Carreira

O bilionário da IA: ele começou lavando pratos em lanchonete e hoje tem fortuna de US$ 70 bilhões

Imigrante nos Estados Unidos, Jensen Huang fundou um verdadeiro império da inteligência artificial e microchips, que vale mais que Google e Amazon e revolucionou o mercado de computação e tecnologia

Nascido em 1963, em Taiwan, Jensen Huang é fundador e CEO da Nvidia, empresa que revolucionou o mercado de tecnologia (Nvidia/Divulgação)

Nascido em 1963, em Taiwan, Jensen Huang é fundador e CEO da Nvidia, empresa que revolucionou o mercado de tecnologia (Nvidia/Divulgação)

Guilherme Santiago
Guilherme Santiago

Content Writer

Publicado em 15 de maio de 2024 às 11h21.

Última atualização em 15 de maio de 2024 às 17h21.

Com uma fortuna de US$ 70 bilhões, Jensen Huang é um dos empresários mais ricos e influentes da atualidade. Fundador e CEO da Nvidia, ele construiu  um verdadeiro império da inteligência artificial e dos microchips – que hoje é avaliado em US$ 2,25 trilhões. Sua jornada, porém, começou em circunstâncias bem distantes do luxo e das cifras astronômicas associadas aos bilionários. 

Nascido em 1963, em Taiwan, Huang mudou-se para a Tailândia ainda quando criança. Mais tarde, seus pais decidiram enviá-lo com o irmão para morar nos Estados Unidos com os tios. Mas os primeiros anos dos garotos no Kentucky não foram exatamente como viver o sonho americano.

Isso porque nenhum deles falava inglês, nem seus tios, que também eram imigrantes. A saída foi mandar os jovens para morar no Instituto Oneida Baptist – que mais parecia um reformatório do que uma escola comum.

Sua carreira começou lavando banheiros e servindo mesas

Em entrevista ao Financial Times, Huang revelou que, enquanto vivia na escola interna, era o responsável por lavar os banheiros dos dormitórios onde 150 garotos dormiam. Apesar da árdua tarefa (e bastante cansativa), ele relata que adorava cada minuto e que enxerga, hoje, como uma experiência formativa.

😱🔥 Antes de construir um império, é preciso dar o primeiro passo — e o seu pode estar neste treinamento sobre IA; garanta sua vaga clicando aqui

Quando completou 15 anos, conseguiu seu primeiro emprego: ele lavava pratos, limpava mesas e era garçom em uma lanchonete em Portland. Anos depois, o executivo afirmou que essa foi uma excelente oportunidade. Segundo ele, começar uma carreira dessa forma "ensina a ser humilde e a trabalhar duro".

O trabalho de garçom também o ajudou com a timidez (habilidade que viria a ser bastante útil em sua carreira como CEO). "Eu ficava horrorizado com a possibilidade de precisar falar com as pessoas", contou ao The New York Times.

Primeiros passos no mercado de tecnologia

Em 1984, com 21 anos, Huang se formou em engenharia elétrica. “Sempre gostei de computadores desde jovem, mas a Universidade do Estado do Oregon me abriu os olhos para a magia deles”, afirmou ele em um perfil no site da universidade. “Foi lá que eu realmente me apaixonei pela tecnologia.”

Segundo ele, foi um momento perfeito para se formar: no ano de sua formatura, o primeiro computador Mac foi lançado pela Apple – e deu início à era dos computadores pessoais, que transformou o mercado de tecnologia.

👋🍷Sua carreira pode mudar da água para o vinho — e essa transformação pode custar apenas R$ 37; clique aqui e garanta vaga em workshop sobre IA

Após concluir a graduação, ingressou no mestrado em engenharia elétrica na Universidade de Stanford. Enquanto isso, começou a ocupar suas primeiras posições no mercado de tecnologia – deixando para trás os balcões da lanchonete. Ele trabalhou na Advanced Micro Devices (AMD), produtora de processadores e placas de vídeo, e na LSI Logic, fabricante de produtos eletrônicos (esse foi seu último emprego antes de fundar a Nvidia).

Jensen Huang trabalhou como engenheiro elétrico em empresas de tecnologia antes de fundar a Nvidia em 1993 (NVIDIA/CIE)

Huang constroi um império da inteligência artificial

Foi na mesma rede de restaurantes que Huang trabalhou quando era estudante que a ideia da Nvidia nasceu. Em 1993, junto de mais dois amigos – os engenheiros elétricos Chris Malachowsky e Curtis Priem – nasceu a empresa que, inicialmente, seria apenas uma fabricante de chips para videogames.

Foi quase como uma aposta no escuro. Os três jovens empreendedores acreditavam que os computadores pessoais se tornariam a melhor ferramenta para consumo de games e multimídia. E eles estavam certos.

Quando a Nvidia foi fundada, existiam apenas 20 empresas de processadores gráficos. Em três anos, esse número subiria para 70 empresas – comprovando que era um mercado de atuação em expansão.

A unidade de processamento gráfico (GPU) criada pela empresa revolucionou a computação na época e segue fundamental para o mercado – ela é, inclusive, utilizada em muitas aplicações da inteligência artificial.

🤑🚨 Você pode não comprar grandes coisas com R$ 37, mas pode dar o primeiro passo para uma carreira em IA; garanta sua vaga no workshop

Para ter ideia, cerca de 80% do mercado de chips de IA de ponta é controlado pela Nvidia, que acumula clientes de peso: Microsoft, Alphabet, Meta e a OpenAI estão entre os principais. Não à toa, a fortuna de Huang impressiona.

A estimativa, de acordo com números do ranking de bilionários da Forbes, coloca o bilionário na 21ª posição entre as pessoas mais ricas do mundo, com um patrimônio de quase US$ 70 bilhões.

Faça parte da futura geração de especialistas em IA

Para aqueles que desejam dar os primeiros passos em direção ao mundo da tecnologia e da inteligência artificial – assim como o bilionário Huang fez 30 anos atrás –, a EXAME apresenta o Workshop Pré-MBA em Inteligência Artificial para Negócios, um programa inédito que vai dar acesso de forma exclusiva às quatro aulas introdutórias do MBA.

Ao longo do treinamento, o especialista Miguel Lannes Fernandes vai mostrar o que é preciso para sair do zero e fazer parte da próxima geração de especialistas em IA do Brasil. “Independente do seu conhecimento em tecnologia”, garante o professor. Para participar, basta possuir diploma de graduação em qualquer área de conhecimento.

Outra boa notícia é que o programa está com desconto. De R$ 297, o valor para participar do workshop sai por apenas R$ 37 (e ainda pode ser dividido em até oito parcelas). As matrículas estão abertas e podem ser feitas pelo botão abaixo. 

🛒👀Não perca essa oportunidade: vagas para treinamento são limitadas. Se deseja fazer parte da futura geração de especialistas em IA, clique aqui

*Este conteúdo é apresentado por Faculdade EXAME

Acompanhe tudo sobre:branded marketing

Mais de Carreira

Cinco perguntas para fazer na entrevista de emprego para garantir a vaga

Campeões da contratação: por que alguns profissionais são mais cobiçados que outros? Estudo responde

O que significam FYI, MVP, Gap? Saiba quais são os termos corporativos mais buscados

Discente e docente: qual a diferença e significado de cada um

Mais na Exame