Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Extrovertidos ganham mais? Ranking mostra salários por personalidade

As características "extrovertido" e "pensador" foram mais presentes nos primeiros lugares do ranking que considera 16 tipos de personalidades, do método Briggs-Myers

Na década de 40, a escritora Isabel Briggs-Myers e sua mãe dividiram as pessoas em 16 personalidades. A teoria que elas criaram foi baseada no que o psiquiatra e psicanalista Carl Jung descreveu como os tipos psicológicos.

Cem anos depois de Jung e cerca de 70 depois da teoria de Briggs-Myers, a divisão das 16 personalidades é a forma mais popular de se analisar o temperamento das pessoas hoje, com aplicações inclusive no mercado de trabalho. E isso tem feito diferença na forma como elas são remuneradas.

Neste fim de ano, momento de reavaliação de remuneração dentro das empresas, vale considar as características de quem ganha mais para entender como alguns padrões se repetem. A extroversão, por exemplo, é presente entre os três tipos de personalidade que ganham mais.

Um estudo da Truity Psychometrics, empresa digital especializada em teste de personalidade para empresas, mostra que determinados tipos de personalidade ganham mais no Estados Unidos. A pesquisa da Truity considerou a personalidade e a remuneração de 72,3 mil pessoas.

O teste para descobrir qual é a sua personalidade pode ser feito neste site.

Myers e Briggs propuseram quatro dimensões principais de personalidade, cada uma das quais é descrita em termos de duas extremidades de um espectro:

  • Extroversão versus introversão;
  • percepção versus intuição;
  • pensamento versus sentimento;
  • julgamento versus percepção;

As pontuações de uma pessoa em cada dimensão são combinadas para criar 16 tipos distintos, cada um sinalizado pelas iniciais das quatro preferências, em inglês. Assim, uma pessoa que prefere a introversão, intuição, sentimento e julgamento seriam chamados de INFJ (Introversion, Intuition, Feeling e Judging).

No ranking da pesquisa, as personalidades com melhores remunerações são a ENTJ, ESTJ e ENTP. O "E" é de extrovertido. O primeiro lugar é ocupado por um tipo de personalidade que ganhou o "apelido" de comandante.

Esse ENTJ é extrovertido, intuitivo, pensador e julgador. Assim como o ENTJ, as outras siglas também têm seus apelidos, ou arquétipos. Em segundo e terceiro lugar estão o "executor" e o "debatedor".

Em último lugar na fila de 16 posições, está o INFP, conhecido como mediador, e que tem principalmente as características da introspecção, intuição sentimento e percepção.

As características "extrovertido" e "pensativo" foram mais presentes nos primeiros lugares do ranking.

Mesmo que os dados abaixo mostrem uma média salarial anual do cidadão norte-americano, é válido considerar semelhanças com o mercado brasileiro.

Esse domínio do ENTJ, porém, não permanece em todas as faixas etárias dos pesquisadores. Eles tendem a garantir mais sucesso quando a pessoa é mais nova. Conforme envelhece, a partir de 40 anos, o tipo de personalidade com maior remuneração passa a ser o ENTP, conhecido como "debatedor".

A metologia das 16 personalidades de Briggs-Myers é registrada sobre a sigla MTBI (Myer-Brigss Type Indicator) e seus aplicadores em empresas precisam passar por licenciamentos oferecidos pela empresa The Myer-Brigss Company, que pertence ao Consulting Phisicologists Tests (CPP).

A pesquisa da Truity também aponta quais outras características coincidem com salários mais altos.  As características de ambição, de tomada de desafios e de expressividade são as que têm a maior correlação com as posições que ganham mais.

Para os pesquisadores, os profissionais não devem olhar os dados como uma predição do seu futuro, mas como uma estatística. Além disso, a Truity reforça que a ambição foi a característica mais relacionada com a alta renda, e ela independe do tipo de personalidade.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também