Acompanhe:
seloCarreira

85% dos profissionais da Promon são donos da empresa

Quando se trata de gestão de pessoas, Promon é unanimidade. Em previdência privada, a empresa não exige contrapartida do seu quadro

Modo escuro

Continua após a publicidade
Promon cria "sustentômetro" para medir impacto socioambiental   (Divulgação)

Promon cria "sustentômetro" para medir impacto socioambiental (Divulgação)

R
Roseli Loturco

Publicado em 26 de março de 2013 às, 16h52.

São Paulo (SP) - Veterana neste Guia, a Promon é unanimidade quando o assunto é gestão de pes­soas. Com uma comunidade criativa e dinâmica de profissionais — 85% deles são donos da empresa e têm ações com direito a voto —, a Promon cresceu geograficamente no ano passado, quando abriu mais três filiais, em Porto Alegre (RS), Curitiba (PR) e Recife (PE).

A expansão fez com que a área de RH reforçasse ainda mais seus canais de comunicação com o público interno por meio de blogs, portais, vídeos, intranet, mural digital, cafés com o presidente e com a intensificação de programas inovadores, como o Mastigando Ideias. O programa, que acontece no horário do almoço, reúne 50 pessoas de todo o país para falar com o presidente por meio de videoconferência.

É uma das oportunidades que o time tem para falar sobre melhorias nas condições de trabalho e os rumos do negócio. Mas toda essa voz ativa do coletivo não significa dizer que não exista hierarquia bem estruturada por lá. Ao contrário. Além de serem avaliados a cada três meses no modelo 360 graus, os gestores da Promon precisam adquirir (antes de virarem líderes) competências específicas, que são alinhadas por meio de dois programas — o Desenvolvimento de Gestores e o Desenvolvimento de Novos Líderes.

Eles ainda passam por treinamentos identificados por chefes, mentores, coordenadores de disciplinas ou pelo próprio funcionário. "O líder que não está preparado não é aceito pelo grupo, que exige ser guiado por bons gestores", diz um engenheiro.

A boa notícia para quem quer fazer parte do seleto grupo de promonianos é que a empresa prevê abrir mais 180 vagas nas áreas de engenharia, tecnologia, logística e vendas neste ano. Se você ainda não se convenceu, faltou dizer que o modelo acionário da Promon determina que a totalidade do lucro seja revertida em benefício de todos, semestralmente, sob a forma de dividendos ou reinvestimento no negócio — valor que se reincorpora no preço da ação. 

PONTO(S) POSITIVO(S) PONTO(S) A MELHORAR
A empresa contribui com o equivalente a 8,5% do salário para a previdência privada e não exige contrapartida dos profissionais. Segundo os funcionários, os vários processos emperram a realização de projetos novos, e o volume de trabalho tem sido muito grande para todos os níveis.

Últimas Notícias

Ver mais
Inovação com disciplina: a fórmula ‘ambidestra’ por trás do crescimento do iFood
Exame IN

Inovação com disciplina: a fórmula ‘ambidestra’ por trás do crescimento do iFood

Há 2 dias

Em Harvard, Lemann fala sobre seu ‘não sucesso’ na Americanas
Exame IN

Em Harvard, Lemann fala sobre seu ‘não sucesso’ na Americanas

Há 3 dias

Receita estende até 12 de abril prazo para empresas aderirem ao piloto do 'Confia'
seloMinhas Finanças

Receita estende até 12 de abril prazo para empresas aderirem ao piloto do 'Confia'

Há 4 dias

No pacote de remuneração da Oncoclínicas, uma revisão chama atenção
Exame IN

No pacote de remuneração da Oncoclínicas, uma revisão chama atenção

Há 5 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais