Bússola
Um conteúdo Bússola

Cruz Vermelha distribui internet gratuita para população vulnerável de SP

Em homenagem ao aniversário de São Paulo, a Cruz Vermelha SP beneficiará 2 mil pessoas da capital paulista com chips de celulares

Iniciativa da CVSP é fruto da parceria com a Surf Telecom (Cruz Vermelha São Paulo/Divulgação)

Iniciativa da CVSP é fruto da parceria com a Surf Telecom (Cruz Vermelha São Paulo/Divulgação)

B

Bússola

Publicado em 21 de janeiro de 2022 às 18h40.

Última atualização em 21 de janeiro de 2022 às 18h56.

Na semana que vem, a cidade de São Paulo completa 468 anos. E para comemorar o aniversário, a Cruz Vermelha São Paulo (CVSP) vai oferecer, a partir do dia 25, chips de telefones com internet gratuita por seis meses para pessoas em situação de vulnerabilidade social da capital paulista.

O Chip CVSP faz parte do projeto Inclui SP e foi desenvolvido em parceria com a Surf Telecom, que oferece soluções de telefonia móvel, banda larga e conexão por voz. Toda a operação de telefonia será operada pela Surf e a Cruz Vermelha São Paulo fará sua distribuição para os atendidos pelo programa Além do Básico, que oferece cestas básicas, oficinas e kits de higiene por seis meses para famílias cadastradas nas ONGs do projeto.

A ideia é que os atendidos pelo projeto possam usar a internet gratuita durante esses seis meses para atividades como comunicação por aplicativos de mensagem, navegação em sites e redes sociais e procura por emprego.

A proposta inclui também uma plataforma exclusiva de cursos para que cada internauta possa se aprimorar profissionalmente e obter ajuda na recolocação profissional. Os beneficiados poderão contar com um plano que oferece 4GB de internet, 100 minutos para realizar ligações, 100 SMS e WhatsApp ilimitado sem descontar da franquia de internet.

Doação

Inicialmente, 2 mil pessoas devem receber os dispositivos e participar do projeto de inclusão digital da Cruz Vermelha São Paulo. Outros 8 mil chips já foram produzidos pela Surf Telecom e aguardam parcerias com pessoas físicas, empresas e instituições para ser distribuídos.

Para colaborar e possibilitar que mais famílias sejam beneficiadas, basta entrar no site e doar de R$ 30 a R$ 90 ou outros valores. Todo o dinheiro arrecadado será utilizado para fabricação e distribuição de mais chips. A cada R$ 180 arrecadados, uma pessoa será beneficiada por seis meses.

“Esse tipo de iniciativa beneficia múltiplas pessoas dentro de uma mesma casa, desde os adultos que sustentam a família e estão em busca de um trabalho, até os adolescentes e crianças que necessitam de internet para aulas online ou realizar atividades da escola”, declara Bruno Semino, diretor-executivo da CVSP.

Já para Yon Moreira, CEO da Surf Telecom, todo programa de inclusão social e digital faz parte do DNA da Surf. O Inclui SP faz parte do nosso DNA.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedInTwitter | Facebook | Youtube

Veja também

Acompanhe tudo sobre:Cruz VermelhaDesigualdade socialInternetsao-paulo

Mais de Bússola

O que empresas do Rio Grande do Sul precisam saber sobre sua conta de luz?

Eletrificados: rebranding da 'Tupinambá', que virou 'Tupi', foi ideia do marketing ou dos clientes?

Natalia Beauty: transforme seus clientes em criadores de conteúdo

Rafael Catolé: você ainda não conhece seu potencial

Mais na Exame