Brasil

Trump declara apoio a Bolsonaro, a quem chama de sua versão 'tropical'

Donald Trump declarou apoio ao presidente brasileiro Jair Bolsonaro

O apoio vem um dia após as comemorações do 7 de setembro, (Tom Brenner/Reuters)

O apoio vem um dia após as comemorações do 7 de setembro, (Tom Brenner/Reuters)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 8 de setembro de 2022 às 14h40.

O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump declarou apoio ao presidente brasileiro Jair Bolsonaro, em sua rede social, o Truth Social. Em post publicado na manhã desta quinta-feira, 8, afirmou que ele é o "Trump tropical" e que é um "homem maravilhoso" e tem seu "completo" e "total" aval.

O apoio vem um dia após as comemorações do 7 de setembro, que marcaram os 200 anos da Independência do Brasil, e foram usados pelo presidente brasileiro como o seu maior palanque na corrida presidencial.

E, mesmo sem Trump citar as eleições brasileiras, ocorre após a revista britânica The Economist classificar na capa da edição publicada nesta quinta-feira Bolsonaro como o "The man who would be Trump", ou "O homem que queria ser Trump", e traçar um paralelo entre o chefe do Executivo brasileiro e o ex-presidente norte-americano.

Fique por dentro de tudo sobre as Eleições 2022 e os resultados das pesquisas eleitorais. Clique aqui e receba gratuitamente a newsletter EXAME Desperta.

"O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, 'tropical Trump', como é carinhosamente chamado, fez um grande trabalho para o maravilhoso povo do Brasil", escreveu Trump, em sua rede social.

Em duas horas desde que foi publicada, a mensagem de Trump recebeu mais de 13.700 curtidas, foi compartilhada 3.700 vezes e já recebeu mais de 500 comentários até o momento.

De estilo semelhante, o ex-presidente dos EUA e Bolsonaro são comparados diversas vezes, além de serem próximos, com postura e discurso voltado à extrema direita.

O ex-chefe da Casa Branca disse ainda que, quando estava na posição de presidente dos EUA, "não havia outro líder de país que o chamasse mais do que Jair (Bolsonaro) em busca de cortes de tarifas e impostos, renegociações comerciais, políticas contra drogas e reforço de fronteiras (para colocar os "os caras maus" na cadeia!), ajuda militar, e mais".

"O presidente Bolsonaro ama o Brasil acima de tudo. Ele é um homem maravilhoso, e tem meu endosso completo e total!!!", finalizou Trump.

LEIA TAMBÉM:

Veja a agenda dos presidenciáveis nesta quinta-feira, 8 de setembro

7 de Setembro: TSE nega pedido para investigar se campanha de Bolsonaro bancou apoiadores

Acompanhe tudo sobre:Donald TrumpEleiçõesEleições 2022Jair BolsonaroPolítica

Mais de Brasil

Mendonça sugere que multa de leniências da Lava Jato seja usada para ajudar o RS

Tarcísio estima economia de R$ 1,7 bi por ano com auditoria de aposentadorias e prova de vida

Às vésperas de posse na Petrobras, Magda Chambriard já dá expediente na companhia

PF pede inquérito contra Chiquinho Brazão por suspeita de desvio de emendas parlamentares

Mais na Exame