STJ sofre ataque de hackers e suspende sessões; PF vai investigar

Polícia Federal foi acionada para investigar o ataque de hackers, enquanto a Secretaria de Tecnologia de Informação tenta recuperar o sistema

O sistema de informações do Superior Tribunal de Justiça foi atacado por hackers na terça-feira, o que levou à suspensão de todas as sessões de julgamento virtuais ou por videoconferência até que se tenha garantia de restabelecimento da segurança no sistema, informou o STJ nesta quarta-feira.

O mundo está mais complexo, mas dá para começar com o básico. Veja como, no Manual do Investidor

Em nota, o tribunal informou que a Polícia Federal foi acionada para investigar o ataque de hackers, enquanto a Secretaria de Tecnologia de Informação tenta recuperar o sistema.

“Todas as sessões de julgamento, virtuais e por videoconferência, estão suspensas ou canceladas até que seja restabelecida a segurança do tráfego de dados dos nossos sistemas”, diz o texto.

Os prazos processuais foram suspensos até a próxima segunda-feira, enquanto demandas urgentes, como liminares ou habeas corpus ficarão centralizadas na presidência do STJ por esse período.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.