Brasil

Presidente da Embratur pede demissão

A saída da ex-deputada Teté Bezerra já estava prevista, mas ela foi surpreendida com demissões em sua equipe sem ter sido informada

Tetê Bezerra (Youtube/Reprodução)

Tetê Bezerra (Youtube/Reprodução)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 28 de março de 2019 às 16h15.

Última atualização em 30 de maio de 2019 às 09h24.

A presidente da Embratur, a ex-deputada Teté Bezerra (MDB-MT), entregou nesta quinta-feira, 28, a sua carta de demissão ao ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. Segundo informou a empresa, a troca no comando já estava prevista.

Teté é casada com o também ex-deputado federal Carlos Bezerra (MDB-MT) e havia sido nomeada no cargo em maio do ano passado, ainda durante o governo de Michel Temer.

Segundo informa o blog do Tales Faria, do UOL, ela foi surpreendida nos últimos dias com demissões de pessoas da sua equipe sem que fosse previamente informada. Soube da saída de diretores pelo "Diário Oficial".

Marcelo Álvaro é filiado ao PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, e é o único parlamentar do partido na Esplanada dos Ministérios. O MDB não faz parte oficialmente da base do governo.

Acompanhe tudo sobre:EmbraturGoverno BolsonaroMinistério do Turismo

Mais de Brasil

Roberto Jefferson paga R$ 40 mil à PF por conserto de viatura que atingiu com 42 tiros

Brasil inclui luta contra racismo pela 1ª vez na agenda do G20

AliExpress e Shopee antecipam data de taxação de compras de até US$ 50; veja quando passa a valer

PM impõe 100 anos de sigilo a processos disciplinares de Mello, candidato a vice de Nunes em SP

Mais na Exame