Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

Por falta de insulina no SUS, Saúde anuncia compra emergencial de 1,3 milhão de unidades

A quantidade é suficiente para tratar os mais de 67 mil pacientes em todo o país que dependem desse medicamento

Modo escuro

Continua após a publicidade
Insulina do SUS: o contrato com a empresa chinesa GlobalX foi assinado na última terça-feira, 9, e o primeiro lote do produto deve ser entregue até 9 de julho (John Moore/Getty Images)

Insulina do SUS: o contrato com a empresa chinesa GlobalX foi assinado na última terça-feira, 9, e o primeiro lote do produto deve ser entregue até 9 de julho (John Moore/Getty Images)

Após constatar risco de desabastecimento na rede pública, o Ministério da Saúde informou nesta segunda-feira, 15, que comprou de forma emergencial 1,3 milhão de unidades de insulina análoga de ação rápida (molécula asparte), quantidade suficiente para tratar os mais de 67 mil pacientes em todo o país que dependem desse medicamento.

O contrato com a empresa chinesa GlobalX foi assinado na última terça-feira, 9, e o primeiro lote do produto deve ser entregue até 9 de julho.

Antecipação da entrega

O Ministério da Saúde tenta antecipar a entrega de pelo menos parte do lote. A insulina rápida é aplicada diretamente na pele do paciente com diabetes, por meio de uma caneta injetora, e age em menos de 15 minutos, fazendo com que o açúcar no sangue volte aos níveis adequados. Por isso, é fundamental para manter a saúde dos diabéticos sob controle.

Em nota divulgada nesta segunda-feira, a pasta relata que "o País enfrenta cenário de falta de produção nacional de insulina análoga de ação rápida de forma sustentável e capaz de atender às necessidades". Nos dois últimos pregões abertos para comprar essa substância, nenhuma empresa fez propostas.

Por isso, o Ministério permitiu que mesmo empresas sem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) fizessem propostas, desde que tenham registro em outras agências regulatórias sanitárias integrantes do International Council for Harmonisation (ICH).

Esse é o caso da insulina comprada agora (molécula asparte, produzida pela empresa Gan & Lee). A Organização Mundial da Saúde e a Anvisa aceitam e recomendam o registro do ICH para situações de emergência.

Remanejamento de estoque e compra de outros estados

Para que não falte insulina na rede do Sistema Único de Saúde (SUS) até a chegada do produto fabricado na China, o ministério anunciou outras duas medidas: o remanejamento do estoque entre os Estados e a autorização de compra pelas secretarias estaduais de Saúde, com ressarcimento pelo Ministério da Saúde.

A expectativa da pasta é de que seja possível manter o abastecimento igualitário na rede do SUS até o início de junho. O ministério informou ainda que "as insulinas regulares mais consumidas estão em estoque adequado, e o caso da insulina análoga de ação rápida está sendo tratado com máxima prioridade junto aos fornecedores".

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Vai chover na terça de carnaval em SP? Veja a previsão do tempo

Brasil

Vai chover na terça de carnaval em SP? Veja a previsão do tempo

Há 9 horas

“Podemos chegar a 2 milhões de casos de dengue este ano”; diz infectologista. Veja como se prevenir

Brasil

“Podemos chegar a 2 milhões de casos de dengue este ano”; diz infectologista. Veja como se prevenir

Há 11 horas

Governo avalia dispensar supermercados de acordo com sindicatos para trabalho nos feriados

Brasil

Governo avalia dispensar supermercados de acordo com sindicatos para trabalho nos feriados

Há 12 horas

Tem mosquito aí? Prefeitura de SP ultrapassa 1 milhão de ações de combate à dengue

Brasil

Tem mosquito aí? Prefeitura de SP ultrapassa 1 milhão de ações de combate à dengue

Há 12 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

A regulamentação de cigarros eletrônicos pode trazer mais segurança para o consumidor?

A regulamentação de cigarros eletrônicos pode trazer mais segurança para o consumidor?

Escritórios Verdes, da JBS, regularizam 8 mil fazendas
EXAME Agro

Escritórios Verdes, da JBS, regularizam 8 mil fazendas

“Deixei o mundo corporativo para empreender com a Herbalife”

“Deixei o mundo corporativo para empreender com a Herbalife”

Loja pop-up da Lacoste em Trancoso conecta a marca com o verão brasileiro

Loja pop-up da Lacoste em Trancoso conecta a marca com o verão brasileiro

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais