Acompanhe:

Policiais fantasiados de Chapolin prendem quadrilha especializada em furtos no Carnaval; veja vídeo

Os investigadores atuavam na Operação Carnaval, deflagrada pela Polícia Civil nos dias de folia, para prevenir crimes e prender os envolvidos nos delitos praticados durante a festa

Modo escuro

Continua após a publicidade
Operação no Carnaval: Polícia Civil prende quadrilha durante bloco de Carnaval (SSP/Reprodução)

Operação no Carnaval: Polícia Civil prende quadrilha durante bloco de Carnaval (SSP/Reprodução)

Policiais Civis prenderam neste domingo, 18, integrantes de uma quadrilha que furtava celulares em um bloco de Carnaval, na zona sul de São Paulo. Os investigadores atuavam na Operação Carnaval, deflagrada pela Polícia Civil nos dias de folia, para prevenir crimes e prender os envolvidos nos delitos praticados durante a festa.

Durante a passagem de um bloco na Vila Mariana, os policiais fantasiados de “Chapolin Colorado", personagem de seriado de TV, identificaram uma mulher à procura de potenciais vítimas.

Ela estaria ligada a outras três pessoas, que também furtavam aparelhos telefônicos. Ao acompanhar o grupo, dois homens e duas mulheres, os policiais viram quando um deles carregava vários celulares e, então, decidiram abordar os suspeitos.

Com os infratores foram apreendidos seis aparelhos. No flagrante, quatro deles, de 21, 28, 33 e 38 anos, foram conduzidos à delegacia, onde foram presos em flagrante pelos crimes de furto e associação criminosa, permanecendo à disposição da Justiça.

A estratégia de infiltrar agentes disfarçados em meio aos foliões foi realizada pela primeira vez neste ano. Durante o período do Carnaval, a Polícia Civil informou que 59 pessoas foram presas. Os agentes recuperaram 189 celulares e quase 600 cartões bancários.

“Esse fator surpresa foi o que nos ajudou a prender os criminosos em flagrante, já que uma das grandes dificuldades do roubo de celular é justamente essa, devido à rapidez da ação desse crime”, disse o secretário da Segurança Pública, Guilherme Derrite, em nota.

Operação de segurança no Carnaval

O governo do estado reforçou as medidas de segurança durante os festejos. A Polícia Militar mobilizou 15 mil policiais e 6 mil viaturas. O efetivo ficou empenhado entre os dias 5 e 16, e no pós-carnaval, nos dias 17 e 18.

O trabalho foi coordenado pelo Centro de Operações da PM (Copom), que montou um Gabinete de Comando e Controle, com a integração de diversos órgãos do Estado e da Prefeitura de São Paulo.

Conforme o balanço, entre os dias 9 e 14 de fevereiro, só na cidade de São Paulo, a Polícia Civil registrou 543 boletins de ocorrência relacionados a furtos e roubos de celulares durante os eventos de Carnaval. Na festa do ano passado, foram 1,3 mil delitos da mesma natureza, o que representa uma queda de 48% na comparação entre os dois anos.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Caso Marielle: Moraes nega desbloqueio de contas do delegado Rivaldo Barbosa
Brasil

Caso Marielle: Moraes nega desbloqueio de contas do delegado Rivaldo Barbosa

Há uma semana

Edital para a Polícia Militar de SP é publicado com 2.700 vagas e salário inicial de R$ 4.852
seloCarreira

Edital para a Polícia Militar de SP é publicado com 2.700 vagas e salário inicial de R$ 4.852

Há 2 semanas

Moraes manda soltar três coronéis da PM do Distrito Federal acusados de omissão no 8 de janeiro
Brasil

Moraes manda soltar três coronéis da PM do Distrito Federal acusados de omissão no 8 de janeiro

Há 2 semanas

Caso Marielle: Élcio de Queiroz disse à Justiça que Lessa foi alvo de extorsão
Brasil

Caso Marielle: Élcio de Queiroz disse à Justiça que Lessa foi alvo de extorsão

Há 2 semanas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais