Brasil

PF faz operação contra lavagem do dinheiro do tráfico internacional e Justiça bloqueia R$ 35 mi

Ofensiva cumpre um mandado de prisão e faz buscas em 18 endereços de São Paulo, além de outras capitais

Sede da Polícia Federal, em Brasília (DF) (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Sede da Polícia Federal, em Brasília (DF) (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 23 de abril de 2024 às 15h35.

Tudo sobrePolícia Federal
Saiba mais

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira, 23, a Operação Kryptos contra esquema de lavagem de dinheiro do narcotráfico internacional. A investigação é decorrente da apreensão, em 2019 de um helicóptero que transportava 476,5 kg de cocaína na área rural de Presidente Prudente, no interior paulista.

A ofensiva da PF cumpre um mandado de prisão e faz buscas em 18 endereços de São Paulo - capital (7), São Caetano do Sul (4), São Bernardo do Campo (2) e Diadema (1) - e do Ceará - Fortaleza (1) e Pedra Branca (3).

A Justiça Federal determinou o bloqueio de até R$ 35 milhões nas contas bancárias dos investigados e empresas sob suspeita, além do sequestro de bens.

A apuração identificou que o suposto líder do grupo recrutou pessoas próximas para atuarem como laranjas de uma empresa por ele operadas indiretamente.

Ainda de acordo com a PF, os laranjas também figuram como proprietárias de bens e imóveis de alto padrão que pertencem, na verdade, ao chefe da organização.

Acompanhe tudo sobre:Polícia FederalTráfico de drogasCrime

Mais de Brasil

Moraes diz que não há nenhuma previsão de adiamento das eleições no Rio Grande do Sul

Motoristas de aplicativo estão trabalhando mais horas e ganhando menos, conclui estudo do Ipea

Senado aprova Programa Nacional de Vacinação em Escolas Públicas

Ministério da Saúde anuncia que repassará mais R$ 202,2 milhões ao RS

Mais na Exame