Petrobras recebe autorização do Ibama e começa perfuração exploratória na Bacia Potiguar em outubro

Por meio do procedimento, o Ibama comprovou a capacidade da Petrobras de dar resposta imediata e robusta a vazamentos de petróleo, conforme o comunicado

A região é considerada uma das mais novas e promissoras fronteiras mundiais em águas profundas e ultraprofundas (Germano Lüders/Exame)
A região é considerada uma das mais novas e promissoras fronteiras mundiais em águas profundas e ultraprofundas (Germano Lüders/Exame)
Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 30 de setembro de 2023 às 15h22.

Última atualização em 30 de setembro de 2023 às 15h41.

A Petrobras vai iniciar em outubro a perfuração de dois poços exploratórios no bloco marítimo BM-POT-17, em águas profundas da Bacia Potiguar, na Margem Equatorial brasileira. A petroleira recebeu ontem a guia de recolhimento do Ibama, que é parte dos procedimentos administrativos para a liberação das atividades. A previsão é receber a licença ambiental nesta segunda-feira.

Em nota, a Petrobras diz que atendeu a todos os requisitos do Ibama. Como última etapa, realizou, entre 18 e 20 deste mês, um simulado — a Avaliação Pré-Operacional — no local. Por meio do procedimento, o órgão ambiental comprovou a capacidade da Petrobras de dar resposta imediata e robusta a vazamentos de petróleo, conforme o comunicado.

Simulação

Para a simulação — de contenção e recolhimento de petróleo, proteção costeira e de monitoramento, resgate e atendimento à fauna —, foram mobilizadas mais de mil pessoas, quatro aeronaves cinco ambulâncias, 70 veículos terrestres e mais de 60 embarcações. A equipe abrangeu biólogos, veterinários e 300 agentes ambientais.

A perfuração começará após a chegada da sonda no local. O primeiro poço será perfurado a 52 km da costa. Com a pesquisa exploratória, a companhia pretende obter mais informações geológicas da área para avaliar a viabilidade econômica e a extensão da descoberta de petróleo, realizada em 2013, no poço de Pitu. Não há produção de petróleo nesta fase.

Bacia Potiguar

A Bacia Potiguar abrange porções marítimas do Rio do Grande do Norte e do Ceará e é parte da Margem Equatorial brasileira, que se estende entre os Estados do Amapá e do Rio Grande do Norte. A região é considerada uma das mais novas e promissoras fronteiras mundiais em águas profundas e ultraprofundas.

Acompanhe tudo sobre:PetrobrasIbamaPetróleo

Mais de Brasil

Lula cobra articulação política de Alckmin e Haddad

Pasta da Saúde fecha acordo com Moderna para compra de 12,5 milhões de vacinas contra covid

Vamos ampliar pagamento do Pé-de-Meia para todos os estudantes inscritos no CadÚnico, afirma Lula

Lewandowski defende alterar Constituição para aumentar poder da União na segurança pública

Mais na Exame