Brasil

Nível do Sistema Cantareira volta a cair

Nesta sexta-feira, 5, a medição feita pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) registrou nível de 10,5% da capacidade


	Sistema de abastecimento Cantareira: sol e tempo seco voltaram a predominar na região
 (Paulo Whitaker/Reuters)

Sistema de abastecimento Cantareira: sol e tempo seco voltaram a predominar na região (Paulo Whitaker/Reuters)

DR

Da Redação

Publicado em 5 de setembro de 2014 às 15h42.

Sorocaba - Depois de ter recebido 22,2 milímetros de chuva entre a noite de terça-feira, 2, e a manhã de quarta, 3, o nível do Sistema Cantareira, que abastece a Grande São Paulo, voltou a cair.

Nesta sexta-feira, 5, a medição feita pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) registrou nível de 10,5% da capacidade.

Na quarta-feira, após a chuva, o nível era de 10,7%, igual ao do dia anterior.

Depois da chuva, que interrompeu uma estiagem de 101 dias na região da represa, o sol e o tempo seco voltaram a predominar na região.

Dados do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) do Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe) indicam que as chuvas só voltam a cair nessa área do Estado no dia 12 próximo.

A redução rápida no volume de água pode levar o Cantareira a atingir, até as novas chuvas, o mesmo nível operacional que tinha antes da utilização da reserva técnica - o chamado volume morto.

Em 15 de maio, quando a Sabesp iniciou o bombeamento do volume de água abaixo da antiga linha de captação, o nível era de 8,2%.

Com o acréscimo da primeira fase da reserva técnica, de 182,5 bilhões de litros, o nível operacional da represa subiu para 26,7%, baixando para os atuais 10,5% em menos de quatro meses.

Acompanhe tudo sobre:ÁguaChuvasClimaEmpresasEmpresas abertasEmpresas brasileirasEmpresas estataisEstatais brasileirasSabespSaneamentoServiços

Mais de Brasil

Aeroporto Salgado Filho retoma embarques e desembarques a partir de hoje; veja como vai funcionar

Lula se encontra com presidente da Itália, Sergio Mattarella, no Palácio do Planalto nesta segunda

Governo de SP entrega 107 obras de infraestrutura turística no 1º semestre e bate recorde

Mais na Exame