Acompanhe:

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, oficiou o ministro da Justiça Ricardo Lewandowski para a adoção de 'providências necessárias' à extradição para a Itália do prisioneiro Vicenzo Pasquino, apontado como integrante da máfia calabresa Ndrangheta - considerada uma das maiores e mais poderosas organizações criminosas do mundo.

A determinação se dá um ano e dois meses após a Primeira Turma da Corte dar o aval para a entrega de Paquino aos investigadores italianos.

Em dezembro, Moraes autorizou o prosseguimento da extradição. O processo estava suspenso desde fevereiro de 2023, em razão da pendência de finalização do pedido de refúgio feito por Pasquino. O ministro destacou que a solicitação foi negada por unanimidade pelo Conare, que informou ao STF que não houve a interposição de recurso por parte da defesa do mafioso.

No dia 5 de janeiro, o vice-procurador-geral da República Hindenburgo Chateaubriand Filho requereu a expedição do ofício para que o Ministério da Justiça iniciasse o procedimento de entrega de Vicenzo Pasquino. Na última segunda, 19, Moraes acolheu o pedido e instou Lewandowski a dar andamento à extradição.

Pasquino foi preso pela Polícia Federal em João Pessoa, em maio de 2021, na mesma operação que deteve Rocco Morabito - o 'rei da cocaína' de Milão. Condenado a mais de 100 anos de prisão por tráfico internacional de drogas e participação em organização criminosa, Morabito foi extraditado em julho de 2022, após o aval do STF.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Comissão de Segurança Pública da Câmara quer fazer audiência com Elon Musk
Brasil

Comissão de Segurança Pública da Câmara quer fazer audiência com Elon Musk

Há 12 horas

Oposição aposta em PEC das Drogas para desgastar governo antes das eleições
Brasil

Oposição aposta em PEC das Drogas para desgastar governo antes das eleições

Há 15 horas

O que diz a PEC das drogas aprovada pelo Senado e qual o impacto no julgamento do STF?
Brasil

O que diz a PEC das drogas aprovada pelo Senado e qual o impacto no julgamento do STF?

Há um dia

Toffoli nega pedido de ex-vice do Equador para impedir depoimentos de delatores da Odebrecht
Brasil

Toffoli nega pedido de ex-vice do Equador para impedir depoimentos de delatores da Odebrecht

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais