Brasil

Ministro das Cidades se filia ao PP

A filiação de Baldy tinha sido acertada desde novembro do ano passado

Alexandre Baldy: o ministro disse que ainda não decidiu se deixará o cargo para retomar o mandato e poder disputar reeleição para Câmara (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Alexandre Baldy: o ministro disse que ainda não decidiu se deixará o cargo para retomar o mandato e poder disputar reeleição para Câmara (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 14 de março de 2018 às 22h21.

Brasília - O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, se filiou na noite desta quarta-feira, 14, ao PP, partido com a terceira maior bancada na Câmara dos Deputados.

A filiação de Baldy tinha sido acertada desde novembro do ano passado e fez parte do acerto entre um consórcio de partidos que garantiu a indicação dele para o comando da Pasta.

Deputado licenciado, Baldy disse que ainda não decidiu se deixará o Ministério das Cidades para retomar o mandato e poder disputar reeleição para Câmara. O ministro tem até 7 de abril para tomar a decisão, prazo final previsto pela legislação eleitoral para que ministros que disputarão as eleições de outubro se desincompatibilizem dos respectivos cargos.

A cerimônia de filiação ocorreu na sede do PP, no prédio do Senado Federal, e contou com a participação de lideranças de outros partidos. Entre elas, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que lançou pré-candidatura à Presidência da República na semana passada e de quem Baldy é um dos principais aliados.

Acompanhe tudo sobre:Câmara dos DeputadosMinistério das CidadesPartidos políticosProgressistas (antigo PP)

Mais de Brasil

Em SC, chuvas elevam rio que corta Blumenau em 6 metros e município entra em estado de alerta

Governo federal vai transferir recursos para reforma de escolas no RS

Após receber novas doses, SP vai retomar a vacinação contra dengue neste sábado

Boulos quer câmeras corporais em agentes da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo

Mais na Exame