Lula: Vou encontrar Maduro na Celac, mas não pretendo discutir Essequibo

A Venezuela reivindica o território guianense de Essequibo; nos últimos meses, o regime venezuelano subiu o tom sobre a disputa

Lula deu a declaração a jornalistas na Guiana (Ricardo Stuckert/Flickr)

Lula deu a declaração a jornalistas na Guiana (Ricardo Stuckert/Flickr)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 29 de fevereiro de 2024 às 15h53.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quinta-feira, 29, que encontrará o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, mas que não pretende conversar sobre a disputa pelo território de Essequibo com ele. Lula terá reunião com Maduro em São Vicente e Granadinas, onde participará de atividades da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos, a Celac.

A Venezuela reivindica o território guianense de Essequibo. Nos últimos meses, o regime venezuelano subiu o tom sobre a disputa. Lula disse que o Brasil está à disposição para facilitar as conversas entre os dois países, mas que não acha provável que o assunto seja resolvido rapidamente.

"Se em 100 anos não foi possível resolver esse problema, é possível que a gente leve mais algumas décadas. A única coisa que eu tenho certeza é que a violência não resolverá esse problema. Criará outros problemas", declarou o presidente da República.

Como fica Essequibo?

Lula deu a declaração a jornalistas na Guiana, depois de reunião bilateral com o presidente do país, Irfaan Ali. O brasileiro disse que não discutiu Essequibo na conversa.

"Não discutimos a questão de Essequibo, porque não era o momento de discutir. Era uma reunião bilateral para discutir desenvolvimento, investimento", disse o brasileiro. "Da mesma forma, eu não vou conversar com o presidente Maduro essa questão porque a reunião não é para isso", declarou Lula.

O petista deixou Brasília na quarta-feira, 28. Seu retorno à capital brasileira está previsto para sexta, 1º.

Mais de Brasil

Brasil bate recorde de conflitos no campo em 2023; indígenas são as maiores vítimas

Ruralistas veem chance de avanço na pauta anti-invasão com imbróglio entre Lira e governo Lula

Calor fora de época atingirá SP e mais regiões do Brasil; veja previsão do tempo

Veja o passo a passo para tirar sua 2 via de conta da Enel

Mais na Exame