Acompanhe:

Após 10 dias longe de Brasília, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) retornará para a capital federal nesta sexta-feira, 8, e vai participar da conferência nacional do Partidos dos Trabalhadores sobre as eleições municipais de 2024. Lula viajou em 27 de novembro para a viagem um giro no Oriente Médio, que incluiu sua participação na Conferência do Clima. Na volta, foi direto para ao Rio de Janeiro para a reunião de líderes do Mercosul.

O evento, que vai terminar no sábado, é considerado pela legenda um pontapé inicial para definir os rumos para o pleito do próximo ano. Em nota divulgada, o partido afirma que a Conferência Eleitoral e Programa de Governo PT 2024 Marco Aurélio Garcia será a oportunidade de uma "grande imersão" do PT com seus pré-candidatos e pré-candidatas do próximo ano.

“Ao longo de 2023, dialogamos com dirigentes e aliados da Federação Brasil da Esperança para a construção de candidaturas vitoriosas em importantes capitais e municípios brasileiros. Agora, nesta sexta e sábado faremos um grande debate com ministros do governo do presidente Lula e dirigentes do PT. Também apresentaremos as ferramentas para disputar com sucesso as eleições municipais de 2024”, afirmou a presidente da legenda, Gleisi Hoffmann (PT-PR). 

Nas eleições de 2020, o PT teve o seu pior desempenho desde 1996, quando perdeu 71 prefeituras e elegeu apenas 183 prefeitos. Desde então, novos nomes com o cargo foram filiados ao partido, que atingiu 234 gestores municipais em novembro deste ano. A expectativa do partido é aproveitar o efeito do retorno de Lula para a presidência para retomar patamares históricos, como em 2012, quando conquistou 644 prefeituras.

Além da participação de Lula na abertura do evento, parte dos ministros do governo vão participar de mesas temáticas para discutir a campanha municipal de 2024. O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, deve participar da mesa sobre “feitos e perspectivas para o próximo período”. Ao todo, o partido espera receber mais de 2.000 pessoas entre militantes e pré-candidatos.

Encontro com ministro da Defesa

Antes da conferência do PT, Lula tem uma agenda às 16h com o ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, no Palácio do Planalto. Existe a possibilidade da dupla discutir a tensão entre a Venezuela e Guiana pelo território de Essequibo, próximo à fronteira com o Brasil. 

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Toyota deve investir R$ 11 bilhões no Brasil, diz Geraldo Alckmin
Brasil

Toyota deve investir R$ 11 bilhões no Brasil, diz Geraldo Alckmin

Há 15 horas

Chefe da ONU celebra esforços da Celac pela paz e pede esforços ao Haiti
Mundo

Chefe da ONU celebra esforços da Celac pela paz e pede esforços ao Haiti

Há 2 dias

Lula comemora resultado do PIB e afirma que país 'cresceu mais do que o previsto'
Brasil

Lula comemora resultado do PIB e afirma que país 'cresceu mais do que o previsto'

Há 2 dias

Lula se reúne hoje com Maduro e situação na Venezuela deve entrar na pauta
Brasil

Lula se reúne hoje com Maduro e situação na Venezuela deve entrar na pauta

Há 3 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais