Acompanhe:

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, disse nesta segunda-feira, 4, que seu governo ainda buscará 102 brasileiros que estão na Faixa de Gaza. Ele deu a declaração em Berlim, na Alemanha, onde teve uma reunião com o chanceler do país, Olaf Scholz.

Lula voltou a criticar o formato atual da ONU e disse que a entidade não está cumprindo seu "papel histórico".

[whatsaapp]

A crítica do brasileiro é principalmente sobre o Conselho de Segurança, controlado por Estados Unidos, Reino Unido, França, China e Rússia.

O Brasil reivindica uma ampliação do Conselho de Segurança para incluir a si próprio e outros países, como Alemanha e Índia.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Mendonça autoriza empresas a renegociarem acordos de leniência fechados na Lava-Jato
Brasil

Mendonça autoriza empresas a renegociarem acordos de leniência fechados na Lava-Jato

Há 3 horas

Projeto de lei quer proibir que motorista de aplicativo cobre passageiro pelo uso do ar-condicionado
Brasil

Projeto de lei quer proibir que motorista de aplicativo cobre passageiro pelo uso do ar-condicionado

Há 5 horas

Empregados de Furnas recorrem de decisão do STF que liberou AGE da Eletrobras
Brasil

Empregados de Furnas recorrem de decisão do STF que liberou AGE da Eletrobras

Há 5 horas

TSE vota amanhã regra para inteligência artificial nas eleições
Brasil

TSE vota amanhã regra para inteligência artificial nas eleições

Há 6 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais