De "Senhor dos Anéis" a "O Mito": os livros da Livraria Eduardo Bolsonaro

A livraria virtual foi recentemente inaugurada e destaca títulos como 'Guia de bolso contra mentiras feministas' e uma trilogia sobre o Presidente
Eduardo Bolsonaro: filho do presidente inaugurou livraria virtual (Alan Santos/PR/Divulgação)
Eduardo Bolsonaro: filho do presidente inaugurou livraria virtual (Alan Santos/PR/Divulgação)
D
Da redação, com agências

Publicado em 02/06/2022 às 14:52.

Última atualização em 02/06/2022 às 14:54.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) acaba de inaugurar sua livraria virtual, Livraria Eduardo Bolsonaro. Nas prateleiras, estão desde clássicos como "Senhor dos Anéis" e "1984" até livros que contam a história do seu pai, o presidente Jair Bolsonaro.

A livraria é uma parceria do deputado com uma revendedora de livros, em que o parlamentar abre uma loja virtual para venda de títulos e a revendedora administra o estoque e o serviço de entrega dos títulos.

Quais os livros da Livraria Eduardo Bolsonaro?

Além dos clássicos de ficção, a livraria conta com títulos de escritores que constantemente criticam o bolsonarismo, como Lilia Moritz Schwarcz, Chico Buarque, Paulo Coelho, Luis Fernando Verissimo e Ruy Castro.

Os livros não estão na página de destaques e indicações do deputado, mas podem ser facilmente encontrados na barra de buscar produtos da livraria.

Na aba de "destaques" da loja virtual estão selecionados títulos mais afeitos ao bolsonarismo, como "Guia de bolso contra mentiras feministas", a trilogia "O Mito", sobre Jair Bolsonaro, e "Desconstruindo Paulo Freire", entre outros.

Livraria Eduardo Bolsonaro

Livraria Eduardo Bolsonaro: página inicial mostra Eduardo Bolsonaro ao lado do logo de sua livraria virtual (Livraria Eduardo Bolsonaro/Captura de tela/Reprodução)

A historiadora Lilia Moritz Schwarcz, que constantemente critica o presidente em suas redes sociais, ao saber da comercialização, disse não ter controle sobre a distribuição e venda dos livros de sua autoria.

"Reparei apenas que meus livros que confrontam mais diretamente o governo Jair Bolsonaro não constam do catálogo da respectiva livraria", disse a escritora.

(Com informações de Agência O Globo)

LEIA TAMBÉM:

Reajuste para servidores trava decreto de calamidade pública defendido por ala do governo

Bolsonaro promete recriar Ministério da Indústria extinguido por Guedes

Bolsonaro diz que falou com Lira sobre ajuda para Alagoas devido às chuvas