Acompanhe:

Lista das 100 primeiras cidades do PNBL sai na quinta

Brasília - Será divulgada na quinta-feira, dia 26, a lista das 100 cidades que, junto com as 16 capitais já anunciadas pelo governo, serão os primeiros municípios onde será implantado o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) até o fim do ano. "Na quinta-feira, mostraremos a aplicação dos critérios (de definição) e a proposta das […]

Modo escuro

Continua após a publicidade
Alunos da rede municipal de escola em São Paulo usam computadores com banda larga (Arquivo/EXAME)

Alunos da rede municipal de escola em São Paulo usam computadores com banda larga (Arquivo/EXAME)

K
Karla Mendes

Publicado em 10 de outubro de 2010 às, 03h47.

Brasília - Será divulgada na quinta-feira, dia 26, a lista das 100 cidades que, junto com as 16 capitais já anunciadas pelo governo, serão os primeiros municípios onde será implantado o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) até o fim do ano.

"Na quinta-feira, mostraremos a aplicação dos critérios (de definição) e a proposta das 100 cidades", afirmou Rogério Santanna, presidente da Telebrás. O anúncio será feito no encerramento do 2º Fórum Brasil Conectado, que acontece de hoje a quinta-feira em Brasília.

Santanna admitiu que precisa se esforçar muito para conseguir cumprir o cronograma proposto para a implantação da primeira fase do PNBL, mas ainda não falou de um possível adiamento. Segundo ele, até o fim do mês serão colocados em consulta pública os editais e os termos de referência para a contratação de prestadores de serviços e a expectativa é que as licitações ocorram até a primeira quinzena de setembro.

O presidente da Telebrás rebateu as críticas de especialistas que afirmam que o PNBL ainda no vingou. Só o fato de a Telebrás existir faz o preço baixar, ressaltou. Santanna se referiu a valores mais acessíveis de aluguel de infraestrutura de transporte de dados que estão sendo oferecidos pelas operadoras de telefonia para pequenos provedores. Ele citou o exemplo da entrada da Copel no Paraná, com oferta de R$ 230 por megabit, valor que consta no PNBL.

Capitalização

A Telebrás encaminhou ao Ministério das Comunicações pedido de orçamento no valor de R$ 1,4 bilhão para a capitalização da estatal e execução de investimentos para o PNBL. Desse total, R$ 600 milhões serão investidos em 2010 e os outros R$ 800 milhões em 2011. A proposta que será encaminhada ao Congresso Nacional, no entanto, prevê a aprovação de R$ 400 milhões para o ano que vem, o que reduz para R$ 1 bilhão o orçamento imediato. A liberação dos outros R$ 400 milhões estará sujeita à execução do orçamento de R$ 1 bilhão.

"É difícil cumprir os R$ 600 milhões este ano", admitiu Santanna. Segundo ele, os recursos eventualmente não utilizados seriam postergados para 2011. A suplementação do orçamento deste ano, segundo Santanna, será encaminhada ao Congresso em outubro. Os recursos para a capitalização da estatal sairão dos cofres do Tesouro Nacional.

Leia mais notícias sobre banda larga

Siga as notícias do site EXAME sobre Economia no Twitter

Últimas Notícias

Ver mais
Lula chega no RJ para impulsionar alianças em preparação para as eleições municipais
Brasil

Lula chega no RJ para impulsionar alianças em preparação para as eleições municipais

Há 6 dias

Pacheco derruba reoneração dos municípios e prorroga MP 1.202 por mais 60 dias
Economia

Pacheco derruba reoneração dos municípios e prorroga MP 1.202 por mais 60 dias

Há uma semana

Governo Lula endossa tese de imunidade que pode permitir vinda de Putin ao Brasil
Mundo

Governo Lula endossa tese de imunidade que pode permitir vinda de Putin ao Brasil

Há uma semana

Operadora de telefonia americana alerta para vazamento de 73 milhões de contas na dark web
Economia

Operadora de telefonia americana alerta para vazamento de 73 milhões de contas na dark web

Há uma semana

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais