Acompanhe:

Lira defende discussão no Congresso sobre semipresidencialismo para 2030

Lira ressaltou que não pensa em uma alteração imediata — ele sugeriu que ela pudesse passar a vigorar a partir de 2030 — e alertou que não quer contaminá-la com o clima eleitoral de 2022

Modo escuro

Continua após a publicidade
Lira: o presidente da Câmara fez questão de dizer que a ideia trabalha sem a perspectiva de votação de qualquer texto antes das eleições de outubro (Maryanna Oliveira/Agência Câmara)

Lira: o presidente da Câmara fez questão de dizer que a ideia trabalha sem a perspectiva de votação de qualquer texto antes das eleições de outubro (Maryanna Oliveira/Agência Câmara)

R
Reuters

Publicado em 11 de fevereiro de 2022 às, 12h24.

Última atualização em 11 de fevereiro de 2022 às, 12h52.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou nesta quinta-feira que irá procurar o Senado para uma discussão conjunta, ainda neste primeiro semestre, sobre uma mudança do sistema de governo do Brasil para o semipresidencialismo.

Lira ressaltou que não pensa em uma alteração imediata — ele sugeriu que ela pudesse passar a vigorar a partir de 2030 — e alertou que não quer contaminá-la com o clima eleitoral de 2022.

"É uma discussão que a Câmara vai propor, vai tentar se unir ao Senado para que o Congresso faça, de pegarmos os meses de março, abril, maio, junho, para discutirmos o semipresidencialismo", anunciou o presidente da Câmara, acrescentando que deseja uma discussão "sem nenhum tipo de pressão de votação, sem nenhum tipo de texto pronto".

Lira fez questão de dizer que a ideia trabalha sem a perspectiva de votação de qualquer texto antes das eleições de outubro. Segundo ele, os novos parlamentares, a serem escolhidos nas eleições, é que iriam se dedicar à votação.

"Seria uma proposta de alteração de sistema de governo para 2030, tirando o debate dessa eleição, tirando o debate de 2026, não fulanizando a discussão e fazendo um debate de alto nível no contraturno dos trabalhos da Câmara dos Deputados", explicou.

Não é a primeira vez que o deputado defende o semipresidencialismo, sistema de governo que mescla o presidencialismo e o parlamentarismo e prevê que o presidente da República divida o poder com um primeiro-ministro, eleito pelo Congresso Nacional.

Lira, agora, anuncia um passo a mais, ao sinalizar com a intenção de promover o debate no Legislativo.

Últimas Notícias

Ver mais
Lula deve ter ao menos 2 reuniões bilaterais em viagem à Guiana, diz Itamaraty
Brasil

Lula deve ter ao menos 2 reuniões bilaterais em viagem à Guiana, diz Itamaraty

Há 15 horas

Aneel mantém bandeira tarifária verde em março, sem adicional nas contas de luz
Brasil

Aneel mantém bandeira tarifária verde em março, sem adicional nas contas de luz

Há 15 horas

BNDES aprova R$ 88,5 milhões para expansão da internet de banda larga na PB e no RN
Brasil

BNDES aprova R$ 88,5 milhões para expansão da internet de banda larga na PB e no RN

Há 15 horas

Juiz manda submeter esfaqueador de Bolsonaro a tratamento psiquiátrico
Brasil

Juiz manda submeter esfaqueador de Bolsonaro a tratamento psiquiátrico

Há 16 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais