Acompanhe:

Lewandowski autoriza envio da Força Nacional para Mossoró, onde os fugitivos estariam escondidos

Ação prevê a mobilização de 100 homens e 20 viaturas para auxiliar a Polícia Federal, Militar e Rodoviária Federal

Modo escuro

Continua após a publicidade
As irregularidades foram encontradas nas celas que eles ocupavam em unidades estaduais do Acre, antes de serem transferidos para Mossoró (Secretaria Nacional de Políticas Penais/Divulgação)

As irregularidades foram encontradas nas celas que eles ocupavam em unidades estaduais do Acre, antes de serem transferidos para Mossoró (Secretaria Nacional de Políticas Penais/Divulgação)

O ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, autorizou nesta segunda-feira o envio da Força Nacional para a região de Mossoró, onde dois presos fugiram de uma penitenciária federal na última quarta-feira.

A ação prevê a mobilização de 100 homens e 20 viaturas para auxiliar os mais de 500 homens da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Polícias Militares do Rio Grande do Norte e do Ceará que estão atrás dos fugitivos.

Nesta segunda-feira, as buscas chegaram ao sexto dia. Além de atuar na zona rural de Mossoró, as forças de segurança fizeram um cerco em entradas de acesso a Baraúna, município vizinho à penitenciária que faz divisa com o estado do Ceará. Os agentes também passaram a procurar os presos em grutas que se proliferam no meio da vegetação de caatinga da região.

O presídio federal de Mossoró, de onde eles escaparam, fica próximo ao Parque Nacional da Furna Feia, uma unidade de conservação administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e famosa por suas mais de 200 cavernas. As roupas encontradas no meio da mata na última sexta-feira estavam na Serra do Mossoró, que integra o Parque Nacional.

Os esconderijos embaixo da terra dificultam a varredura aérea do local, que é feita por drones com sensor de calor e visão noturna.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
'Só de teimosia, Padilha vai ficar muito tempo nesse ministério', diz Lula após tensão com Lira
Brasil

'Só de teimosia, Padilha vai ficar muito tempo nesse ministério', diz Lula após tensão com Lira

Há um dia

Lei das saidinhas: o que muda para os presos com sanção de Lula
Brasil

Lei das saidinhas: o que muda para os presos com sanção de Lula

Há um dia

STF proíbe abordagem policial com base em raça, sexo, orientação sexual ou aparência física
Brasil

STF proíbe abordagem policial com base em raça, sexo, orientação sexual ou aparência física

Há 2 dias

Jogador leva chicotada após perder final para time de Neymar e Jesus; veja vídeo
Esporte

Jogador leva chicotada após perder final para time de Neymar e Jesus; veja vídeo

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais