Brasil

Haddad participa de reunião na Fiesp nesta segunda-feira

O encontro acontece após acordo de pacificação entre o presidente da entidade, Josué Gomes da Silva, e o ex, Paulo Skaf

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, assume o cargo em cerimônia no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, assume o cargo em cerimônia no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Drc

Da redação, com agências

Publicado em 30 de janeiro de 2023 às 06h00.

Última atualização em 30 de janeiro de 2023 às 16h41.

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, participa nesta segunda-feira, 30, de reunião de diretoria da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), às 11h, na sede da entidade.

O encontro acontece após acordo de pacificação na entidade entre o presidente Josué Gomes da Silva e o ex Paulo Skaf, que liderou um movimento para destituir Josué do cargo.

Na quinta-feira, 26, o dois se comprometeram a superar as divergências. “Decidimos usar toda a nossa energia, capacidade de liderança e de articulação para fortalecer a nossa entidade e impulsionar, a partir dela, o processo de reindustrialização do nosso País”, escreveram.

O presidente da Fiesp deve aproveitar o evento para se reconciliar com representantes de sindicatos que tentaram destituí-lo do cargo na semana passada.

Além de Haddad, participam do encontro a diretoria eleita, presidentes, vice-presidentes, membros dos conselhos superiores, diretores dos departamentos, além de presidentes e delegados de sindicatos.

(Com informações de Estadão Conteúdo)

Acompanhe tudo sobre:Fernando HaddadFiespPaulo Skaf

Mais de Brasil

Enchentes no RS: aeroporto Salgado Filho não deve reabrir até setembro, diz jornal

Governo cria 'válvula' para dívida de estados e municípios em calamidade por eventos climáticos

MEC divulga resolução para retomada das aulas no Rio Grande do Sul; veja como vai funcionar

STF nega recurso de empregados de Furnas contra decisão que liberou AGE da Eletrobras

Mais na Exame