Brasil

Haddad e Leite se reúnem nesta segunda para discutir dívida do Rio Grande do Sul

Ainda segundo ministro da Secom, o presidente Lula deverá anunciar novas medidas de apoio ao estado gaúcho

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 13 de maio de 2024 às 08h42.

Última atualização em 13 de maio de 2024 às 09h26.

Tudo sobreEnchentes no RS
Saiba mais

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, vai se reunir nesta segunda-feira, 13, com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Segundo o ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom), Paulo Pimenta, os dois vão discutir o tratamento da dívida do estado.

“Já fui informado que essa reunião seria virtual, para discutir a renegociação da dívida”, afirmou Pimenta. A afirmação foi dada em entrevista sobre as ações em resposta às enchentes que atingiram a população do Rio Grande do Sul na última semana.

A dívida do estado com a União é de mais de R$ 100 bilhões. Mesmo antes das chuvas, o governo gaúcho já tentava uma renegociação de sua dívida. Agora, a suspensão já está garantida, mas o que está em jogo é por quanto tempo.

Em 2017 o estado interrompeu o pagamento da dívida com uma decisão judicial obtida no STF. Em 2021, o Rio Grande do Sul aderiu ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF).

Pimenta também afirmou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá anunciar novas medidas de apoio ao estado gaúcho.

Tanto Pimenta quanto o ministro do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, apontaram que parte das medidas devem beneficiar "pessoas físicas".

Acompanhe tudo sobre:Enchentes no RS

Mais de Brasil

Pressionado por 'efeito Marçal', Nunes anuncia coronel da Rota como vice nesta sexta

Toffoli abre divergência e STF não forma maioria para descriminalizar porte de maconha

Moraes Arquiva Inquérito contra Google e Telegram sobre PL das Redes Sociais

Governo autoriza uso da Força Nacional no RS por 30 dias

Mais na Exame