Acompanhe:

Governo libera R$ 31,5 milhões para retomada da emissão de passaportes

A confecção dos documentos estava suspensa desde 19 de novembro por falta de recursos e há cerca de 100 mil solicitações em espera

Modo escuro

Continua após a publicidade
Apesar de a emissão de passaportes ter sido suspensa em novembro o agendamento do serviço continuou normalmente presencialmente ou pela internet (Erlon Silva - TRI Digital/Getty Images)

Apesar de a emissão de passaportes ter sido suspensa em novembro o agendamento do serviço continuou normalmente presencialmente ou pela internet (Erlon Silva - TRI Digital/Getty Images)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 24 de dezembro de 2022 às, 12h19.

Por meio de edição extra do Diário Oficial da União (DOU) publicada na noite de ontem, o governo liberou R$ 31,47 milhões para a Polícia Federal (PF) retomar a emissão de passaportes.

A confecção dos documentos estava suspensa desde 19 de novembro por falta de recursos e há cerca de 100 mil solicitações em espera.

A publicação no DOU foi comemorada pelo ministro da Justiça, Anderson Torres, nas redes sociais. Ontem à noite, o ministro havia dito que o serviço seria restabelecido "com a maior brevidade possível".

Hoje cedo, ele repostou uma mensagem da PF informando que os pedidos de passaportes feitos presencialmente entre os dias 1 e 22 de dezembro serão atendidos gradualmente.

Apesar de a emissão de passaportes ter sido suspensa em novembro o agendamento do serviço continuou normalmente presencialmente ou pela internet.

No início de dezembro, o governo já havia liberado R$ 37 milhões à retomada da atividade para os pedidos que tinham sido agendados até o dia 1 deste mês.

O ministro enfatizou que foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro o Projeto de Lei do Congresso Nacional (PLN 14.490/2022) e que o desfecho positivo para o caso contou com o empenho do senador Alexandre Silveira (PSD-MG) e do deputado federal Celso Sabino (União Brasil - PA).

O PLN abriu crédito suplementar no valor de R$ 31,47 milhões em 15 de dezembro para remanejar os recursos no caso dos passaportes.

No geral, a lei libera R$ 596,2 milhões "para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente". Além do destino para o Ministério da Justiça e Segurança Pública, os recursos serão remanejados para os ministérios da Educação, Saúde, Infraestrutura, Comunicações, Desenvolvimento Regional, Cidadania e Agricultura.

LEIA TAMBÉM:

Pilotos e comissários decidem suspender greve no fim de semana de Natal

Fila para emissão do passaporte passa de 108 mil pessoas

 

Últimas Notícias

Ver mais
Como parceria entre SpaceX e Bahamas pode impulsionar e transformar o turismo espacial mundial
Um conteúdo Bússola

Como parceria entre SpaceX e Bahamas pode impulsionar e transformar o turismo espacial mundial

Há 7 horas

Advogados de Bolsonaro negam confissão sobre minuta de golpe
Brasil

Advogados de Bolsonaro negam confissão sobre minuta de golpe

Há um dia

Turismo esportivo deve movimentar US$ 1,8 trilhão até 2030; veja 5 tendências
seloMarketing

Turismo esportivo deve movimentar US$ 1,8 trilhão até 2030; veja 5 tendências

Há 3 dias

Suspeito de tentar invadir Alvorada com carro é detido, diz Polícia Federal
Brasil

Suspeito de tentar invadir Alvorada com carro é detido, diz Polícia Federal

Há 4 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais