Acompanhe:

O Ministério da Justiça informou nesta quinta-feira que o nome dos dois fugitivos da penitenciária federal de Mossoró estão incluídos no Sistema de Difusão Vermelha da Interpol (Polícia Internacional). O alerta — que é do grau mais alto do Sistema da Interpol — é emitido quando autoridades de um país identificam indivíduos que representam uma ameaça iminente à sociedade.

A informação foi dada pelo Secretário Nacional de Políticas Penais do Ministério da Justiça, André Garcia, em coletiva de imprensa nesta quinta-feira. Inicialmente, os dois haviam sido colocados na lista laranja.

— Nós efetuamos o registro dos nomes desses indivíduos no sistema de difusão de Interpol, agora já posso dizer, vermelho, difusão vermelha, e no sistema de proteção de fronteiras de modo que, do ponto de vista de todos os … ambiência normativa e de ação operacional necessários para recaptura, independentemente do cenário de onde eles serão capturados ou não, estão garantidos em todas unidades, inclusive da polícia internacional — detalhou Garcia.

Garcia viajou a Mossoró nesta quarta-feira a pedido do ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski. A pasta acionou a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal para ajudar na captura dos dois criminosos. Essa foi a primeira vez que internos escaparam de um presídio federal de segurança máxima no país, em um episódio que o secretário tratou como "irrepetível".

— Não podemos detalhar o que está sendo realizado, é óbvio que tem um perímetro, várias equipes e vários recursos que estão sendo empenhados 24 horas por dia neste recurso, tecnologias, serviços de inteligência integrados, drones com equipamentos termais, helicópteros da PF, PRF, e da PM do Rio Grande do Norte. Todos os meios disponíveis estão a nossa disponibilidade para que a gente possa executar a tarefa do melhor jeito possível.

Segundo o secretário, no entanto, a inclusão do nome dos fugitivos no Sistema de Difusão Vermelha, não indica que os detentos tenham fugido do Brasil

— Isso não quer dizer que eles estejam fora do país, mas há sempre essa prevenção e atuação preventiva por parte da Polícia Federal e Justiça — afirmou Garcia. —A PRF monitora todas as rodovias sob sua jurisdição e está dando esse suporte muito importante nas ações de busca — completou o secretário.

O ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, também determinou o afastamento da atual direção da penitenciária e escalou um interventor para comandar a gestão da unidade.

Os fugitivos foram identificados como Deibson Cabral Nascimento e Rogério da Silva Mendonça, ambos naturais do Acre. Os dois teriam fugido da penitenciária por uma abertura do teto da cela durante o banho de sol dos detentos. A dupla é ligada a uma facção criminosa com ampla presença no Rio de Janeiro.

Perfil violento

Também conhecido como “Tatu” ou “Deisinho” responde a 34 processos na Justiça do Acre, por crimes como formação de quadrilha, tráfico de drogas e roubo. Documentos da Justiça mostram que Deibson já havia fugido e tentado fugir outras vezes da cadeia e é tido como um criminoso de "alta periculosidade".

Rogério, por sua vez, também é citado em documentos como um criminoso "extremamente frio". Seu perfil violento é evidenciado na pele. Em fotos que constam nos registros penitenciários, é possível notar que ele exibe o símbolo nazista da suástica tatuado numa das mãos.

A dupla foi transferida para Mossoró em 27 de setembro de 2023 e deveriam ficar na unidade prisional até o dia 25 de setembro de 2025.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Sistema de passaporte fica fora do ar e PF abre inquérito para investigar invasão de hacker
Brasil

Sistema de passaporte fica fora do ar e PF abre inquérito para investigar invasão de hacker

Há 14 horas

O que diz a PEC das drogas aprovada pelo Senado e qual o impacto no julgamento do STF?
Brasil

O que diz a PEC das drogas aprovada pelo Senado e qual o impacto no julgamento do STF?

Há 14 horas

Toffoli nega pedido de ex-vice do Equador para impedir depoimentos de delatores da Odebrecht
Brasil

Toffoli nega pedido de ex-vice do Equador para impedir depoimentos de delatores da Odebrecht

Há 14 horas

Novos deputados são sorteados para relatar cassação de Chiquinho Brazão
Brasil

Novos deputados são sorteados para relatar cassação de Chiquinho Brazão

Há 18 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais