Brasil

Famílias aptas para receber auxílio reconstrução no RS terão que validar cadastro a partir do dia 27

Prefeituras poderão enviar cadastros ao governo federal por meio do site, a partir de quarta-feira

Enchentes no RS: as prefeituras farão o recolhimento das informações dos atingidos e enviarão ao Ministério de Desenvolvimento Regional (Anselmo Cunha / AFP/AFP)

Enchentes no RS: as prefeituras farão o recolhimento das informações dos atingidos e enviarão ao Ministério de Desenvolvimento Regional (Anselmo Cunha / AFP/AFP)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 20 de maio de 2024 às 21h04.

Tudo sobreEnchentes no RS
Saiba mais

As famílias atingidas pelas inundações no Rio Grande do Sul que estiverem aptas a receber o auxílio reconstrução do governo federal precisarão validar seus dado no site gov.br a partir do dia 27 deste mês.

Antes, as prefeituras farão o recolhimento das informações dos atingidos e enviarão ao Ministério de Desenvolvimento Regional, também por meio da plataforma on-line, a partir de quarta-feira.

A portaria que regulamentará o pagamento do auxílio será publicada ainda hoje. O benefício será uma parcela única de R$ 5,1 mil para cerca de 240 mil famílias. O valor poderá ser utilizado para materiais de construção e obras.

"As informações que o município, primeiro da area atingida, pessoas que tiveram perdas e moram nesta area. Nome da pessoa e CPF, chefe da família, de preferência mulher. Dependemos das informações das prefeituras para executar o pagamentos. Tem tambpem o tempo da DataPrev fazer o cruzamento de dadoss e gerar o relatório final", disse o ministro do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes.

Como receber o auxílio?

Para as famílias que já tiverem conta na Caixa, o pagamento será depositado automaticamente na conta cadastrada.

Para quem não tem conta na Caixa, o banco abrirá uma em nome da chefe de família, sem precisar que o beneficiário vá ao banco.

 

Acompanhe tudo sobre:EnchentesEnchentes no RSRio Grande do Sul

Mais de Brasil

Prejuízos com chuvas no RS superam R$ 12 bilhões; setor habitacional é o mais afetado

Presidente do Solidariedade, alvo de operação da PF, se entrega em Brasília

Inscritos no Enem saltam 28% e atingem 5 milhões; MEC prorroga inscrições para gaúchos até dia 21

PUC-Rio pode ir à Justiça por curso de Medicina

Mais na Exame