Brasil

Em preparação para a Copa, Confins amplia área comercial

A Infraero aprovou a ampliação das áreas comerciais do Aeroporto de Confins; o terraço panorâmico do aeroporto será transformado em praça de alimentação

Confins foi o terceiro aeroporto que teve a aprovação das mudanças em suas áreas comerciais (Arquivo)

Confins foi o terceiro aeroporto que teve a aprovação das mudanças em suas áreas comerciais (Arquivo)

DR

Da Redação

Publicado em 25 de setembro de 2013 às 14h42.

Brasília – Dentro do processo de modernização dos aeroportos brasileiros que receberão turistas durante a Copa do Mundo de 2014, a Infraero aprovou ontem (2) a ampliação das áreas comerciais do Aeroporto Internacional de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte. O número de lojas deve aumentar 46%, passando de 105 para 154, com ampliação da área de 5,97 mil metros quadrados (m²) para 7,85 mil m².

Segundo o diretor comercial da Infraero, Geraldo Moreira Neves, será feita uma consulta pública ao mercado, pelos próximos 15 dias, para ajudar a definir o perfil dos concessionários que a Infraero pretende trazer para o aeroporto. Neves disse que uma das principais mudanças será o aumento de 100% dos pontos de alimentação, que passarão de 15 para 30.

O terraço panorâmico do aeroporto será transformado em praça de alimentação, com prioridade para os restaurantes de culinária mineira, de acordo com o diretor. Nas áreas de embarque, também haverá mais lojas, com serviços e conveniências aos passageiros. O aeroporto receberá ainda estabelecimentos de artesanato local, lanchonete popular e lojas de departamento.

A Infraero informou que lançará novos editais de concessão de áreas comerciais a partir de maio. Confins foi o terceiro aeroporto que teve a aprovação das mudanças em suas áreas comerciais, depois do Galeão, no Rio de Janeiro, e do Aeroporto Internacional de Salvador. Além deles, mais 13 aeroportos receberão mudanças relacionadas à Copa do Mundo.

Acompanhe tudo sobre:Aeroporto de ConfinsAeroportos do BrasilAviaçãoCopa do MundoEmpresasEmpresas estataisEsportesEstatais brasileirasFutebolInfraeroMinas GeraisServiços

Mais de Brasil

Privatização da Sabesp será concluída em 22 de julho; veja os mais cotados para vencer a disputa

Quem é Mello Araújo, anunciado como vice de Nunes em São Paulo

Lula anuncia R$ 194 milhões para construção de 1,3 mil casas no Piauí

Justiça Federal homologa acordo para preservação da Cinemateca

Mais na Exame