Brasil

Durante cerimônia, Lula diz não existir espaço para 'quem não gosta de democracia'

Conforme imagens noticiadas, homens com uniforme do GSI não detêm golpistas, nem sequer os abordam

Lula: Nós não deixaremos de julgar cada um dos golpistas porque nesse País não existe espaço para nazista, para fascista" (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Lula: Nós não deixaremos de julgar cada um dos golpistas porque nesse País não existe espaço para nazista, para fascista" (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 19 de abril de 2023 às 17h08.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que todos que participaram das manifestações antidemocráticas de 8 de janeiro em Brasília serão julgados. A fala ocorre após a CNN Brasil divulgar imagens que relatam a atuação de integrantes do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), inclusive do chefe da pasta, ministro Gonçalves Dias, na data.

"Nós não deixaremos de julgar cada um dos golpistas porque nesse País não existe espaço para nazista, para fascista e para quem não gosta de democracia", declarou o presidente, em cerimônia de posse do Conselho de Participação Social e de lançamento do processo de elaboração do Programa Plurianual (PPA) Participativo, nesta quarta-feira, 19. Na fala, o chefe do Executivo ressaltou que todos terão presunção de inocência.

Omissão da GSI no dia 8 de janeiro

Conforme imagens noticiadas, homens com uniforme do GSI não detêm golpistas, nem sequer os abordam. As imagens mostram a postura de Gonçalves Dias e seus subordinados. Um deles faz um gesto de positivo e cumprimenta os manifestantes, outro serve água.

Acompanhe tudo sobre:Ataques terroristasBrasíliaLuiz Inácio Lula da Silva

Mais de Brasil

Chuva deve voltar ao Rio Grande do Sul nesta segunda-feira

Apenas 11% das escolas têm internet na velocidade certa, diz pesquisa

Julgamento que pode cassar Jorge Seif ficará para Cármen Lúcia após saída de Moraes do TSE

Rio Grande do Sul: Defesa Civil contabiliza 200 toneladas de alimentos doados

Mais na Exame