Brasil

CMN mantém TJLP em 6% para 1o trimestre de 2011

A TJLP é usada para corrigir os empréstimos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)

O presidente do BNDES, Luciano Coutinho, acredita que o banco irá atingir o recorde de empréstimos em 2010

O presidente do BNDES, Luciano Coutinho, acredita que o banco irá atingir o recorde de empréstimos em 2010

DR

Da Redação

Publicado em 16 de dezembro de 2010 às 16h49.

Brasília - O Conselho Monetário Nacional (CMN) manteve nesta quinta-feira a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) em 6 por cento, válida para o primeiro trimestre de 2011.

A TJLP é usada para corrigir os empréstimos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O CMN é formado pelos ministros da Fazenda e do Planejamento e pelo presidente do Banco Central.

Acompanhe tudo sobre:BNDESJurosTaxas

Mais de Brasil

Censo 2022: Brasil tem 106,8 milhões de endereços, um aumento de 19,5% em relação ao Censo anterior

Um em cada oito endereços do Brasil fica dentro de condomínios, indica Censo

Censo: quase um quarto dos endereços do Brasil não tem número; confira o ranking por estado

Dos 33 deputados favoráveis ao PL que equipara aborto a homicídio, 11 são mulheres

Mais na Exame