Acompanhe:

Civis compraram tantas munições quanto forças de segurança em 2019

As compras de munições por atiradores civis subiram 17,2%, enquanto as feitas pelos órgãos de segurança pública caíram 14,8%

Modo escuro

Continua após a publicidade
Armas: atiradores civis adquiriram cerca de 32 milhões de projéteis no ano passado (Niall Carson/Getty Images)

Armas: atiradores civis adquiriram cerca de 32 milhões de projéteis no ano passado (Niall Carson/Getty Images)

A
Agência O Globo

Publicado em 2 de fevereiro de 2020 às, 11h07.

Última atualização em 3 de fevereiro de 2020 às, 11h14.

Brasília — Dados inéditos sobre venda de munições no país apontam que os atiradores civis compraram em 2019, pela primeira vez, a mesma quantidade que as forças de segurança pública: cerca de 32 milhões de projéteis.

A categoria foi destinatária de vários decretos do presidente Jair Bolsonaro com flexibilização de regras para adquirir armas e munições.

O volume comprado pelo grupo ainda superou em 143% o quantitativo de munições que o Exército informou ter adquirido (13,2 milhões) no ano passado. De 2018 para 2019, as compras diretas dos atiradores subiram 17,2%, enquanto o número de projéteis adquiridos pelos órgãos de segurança pública, incluindo as secretarias de gestão prisional, caiu 14,8%.

 

O levantamento, feito via Lei de Acesso à Informação pelo Instituto Sou da Paz e obtido pelo jornal O Globo, aponta que os clubes de tiro, federações e confederações também compraram mais no ano passado em relação ao anterior: o volume subiu 30%, de 2 milhões para 2,6 milhões de munições.

Últimas Notícias

Ver mais
Ato de Bolsonaro na Paulista deve contar com deputados, senadores e governadores aliados
Brasil

Ato de Bolsonaro na Paulista deve contar com deputados, senadores e governadores aliados

Há 3 horas

Projeto prevê cadastro de clientes que não desejam receber ligação de bancos
Brasil

Projeto prevê cadastro de clientes que não desejam receber ligação de bancos

Há 6 horas

Lula deve ter ao menos 2 reuniões bilaterais em viagem à Guiana, diz Itamaraty
Brasil

Lula deve ter ao menos 2 reuniões bilaterais em viagem à Guiana, diz Itamaraty

Há 21 horas

Aneel mantém bandeira tarifária verde em março, sem adicional nas contas de luz
Brasil

Aneel mantém bandeira tarifária verde em março, sem adicional nas contas de luz

Há 21 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais