Brasil registra 734 mortes por covid-19 em 24h; total passa de 152 mil

De acordo com o consórcio de imprensa, o país tem 152.513 óbitos e 5.170.996 casos confirmados da doença. A média diária de vítimas é de 497

O Brasil tem 152.513 óbitos e 5.170.996 casos confirmados de covid-19, segundo levantamento dos veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de Saúde e divulgado nesta quinta-feira, 15.

O balanço, atualizado às 20 horas, mostra que no período de um dia foram registradas 734 vítimas e 28.498 testes reagentes para o coronavírus.

Os dados são compilados pelo consórcio de imprensa que reúne UOL, Folha de S.Paulo, O Estado de S. Paulo, O Globo, G1 e Extra.

A média móvel, que contabiliza o número de óbitos da última semana, é de 497, uma queda de 26%, se comparado com 14 dias atrás.

Vacina começa a ser aplicada em 7% da população

O Programa Nacional de Imunizações focado na aplicação da vacina contra a covid-19 está previsto para começar em janeiro de 2021. De acordo com o Ministério da Saúde, neste primeiro momento, serão 15 milhões de doses disponíveis, que poderiam ser aplicadas em 7% da população brasileira, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

No cronograma apresentado pela pasta, nesta quinta-feira, 15, a previsão é que os resultados da fase de testes da vacina do laboratório AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford, sejam finalizados em novembro. Após a obtenção do registro junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a imunização poderia começar em janeiro de 2021.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.