Brasil

Barrado pela Ficha Limpa, Maluf tem 246.446 votos

Por ter tido o registro negado, os votos para Maluf não serão considerados válidos


	Paulo Maluf (PP-SP): embora o TSE tenha negado o registro do candidato à reeleição, deputado aguarda análise de um recurso
 (Beto Oliveira/Câmara dos Deputadores)

Paulo Maluf (PP-SP): embora o TSE tenha negado o registro do candidato à reeleição, deputado aguarda análise de um recurso (Beto Oliveira/Câmara dos Deputadores)

DR

Da Redação

Publicado em 5 de outubro de 2014 às 21h17.

Brasília - Barrado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com base na Lei da Ficha Limpa, o deputado federal e ex-governador de São Paulo Paulo Maluf (PP) obteve até por volta das 20h30, com 98,19% das urnas apuradas, 246.446 votos.

Embora a Corte tenha negado o registro do candidato à reeleição, Maluf aguarda análise de um recurso. No caso de uma nova derrota, ele ainda poderá ir ao Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar garantir os votos deste pleito.

Por ter tido o registro negado, os votos para Maluf não serão considerados válidos e só serão liberados se a Justiça der aval a sua candidatura.

Se os votos estivessem sendo computados, Maluf seria até o momento o oitavo mais votado no Estado.

Acompanhe tudo sobre:EleiçõesEleições 2014Lei da Ficha LimpaPaulo MalufPolítica no BrasilPolíticosPolíticos brasileirosPrefeitosTSE

Mais de Brasil

Prefeitura de Porto Alegre fecha comportas do Cais Mauá para barrar água do Guaíba

PT concorda com revisão de benefícios fiscais, mas critica Tarcísio por aumento para 2025

Onda de frio: temperatura terá queda brusca no Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Norte a partir de sexta

Chuvas fortes atingem o RS mais uma vez e causam novos alagamentos

Mais na Exame