Brasil

Alesp realiza audiência pública para discutir projeto de privatização da Sabesp

O evento está previsto para começar às 14h e terá a presença da secretaria estadual do Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística, Natália Resende

Sabesp: PL será discutida em audiência pública nesta quinta (Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket /Getty Images)

Sabesp: PL será discutida em audiência pública nesta quinta (Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket /Getty Images)

André Martins
André Martins

Repórter de Brasil e Economia

Publicado em 16 de novembro de 2023 às 11h54.

Última atualização em 16 de novembro de 2023 às 12h08.

A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) realiza nesta quinta-feira, 16, uma audiência pública para discutir o projeto de lei que autoriza o governo do estado privatizar a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado), a estatal de saneamento básico que atende a capital e diversas cidades da região metropolitana.

O evento está previsto para começar às 14h e terá a presença da secretária estadual do Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística, Natália Resende. Originalmente, a audiência estava marcada para o dia 6 de novembro, mas por uma decisão da Justiça foi suspensa para que uma nova data fosse apresentada. O argumento do juiz que deu liminar foi que o prazo apertado para a divulgação da audiência pública dificultou a participação de todos os possíveis interessados.

A reunião é vista como mais um passo para acelerar a tramitação do projeto. O presidente da Casa, André do Prado, autorizou que as comissões que discutem a proposta realizem sessões conjuntas para, assim, acelerar a análise do texto e apresentação do parecer do relator. Três comissões permanentes deverão opinar sobre o PL 1.501/23: Constituição, Infraestrutura e Finanças.

Tramitação na Alesp

A proposta de desestatização tramita em regime de urgência na Alesp, a pedido do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos). O texto já recebeu mais de 170 emendas dos deputados desde que entrou em pauta na Casa.

Empresa de capital aberto e economia mista, a Sabesp detém a concessão dos serviços públicos de saneamento de 375 municípios paulistas e tem o estado de São Paulo como gestor e acionista majoritário. O PL busca autorizar o executivo a negociar sua participação acionária na companhia e, assim, transferir o controle operacional da empresa à inciativa privada. Atualmente, o Estado detém 50,3% do capital da empresa, enquanto o restante é negociado nas bolsas brasileira (B3) e americana (NYSE).

O deputado Barros Munhoz (PSDB) é o relator do projeto. Ele vai analisar o texto da matéria, bem como as emendas e os substitutivos apresentados, e formular o parecer da reunião conjunta de comissões - que deverá ainda passar por votação dos pares.

Acompanhe tudo sobre:SabespPrivatização

Mais de Brasil

Câmara aprova projeto que cria cadastro nacional de condenados por violência contra a mulher

Comissão da Câmara aprova projeto de lei para incluir animais domésticos no Censo Demográfico

MPF busca solução para liberar 400 estrangeiros retidos no aeroporto de Guarulhos

Lula avaliará situação de Juscelino após viagem, diz Jaques Wagner

Mais na Exame