Acompanhe:

O governo do Paraná confirmou neste sábado, 24, a detecção do primeiro caso de gripe aviária no Estado em 2023. Como a infecção foi detectada em uma ave silvestre, o Estado e o Brasil mantêm o status sanitário de livres da doença, informou a Agência de Defesa Agropecuária (Adapar), em nota.

"Assim, não há impacto no comércio internacional de produtos avícolas. Também não há risco no consumo de carne e ovos, pois a doença não é transmitida por meio do consumo", afirma a Adapar.

O caso de Influenza Aviária de Alta Patogenicidade foi registrado em uma ave silvestre no município de Antonina, litoral do Paraná, na sexta-feira, 23. Segundo a agência, as ações de vigilância em aves domésticas e silvestres foram intensificadas após o diagnóstico.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Fávaro: Estamos renovando decreto de emergência zoossanitária para gripe aviária
EXAME Agro

Fávaro: Estamos renovando decreto de emergência zoossanitária para gripe aviária

Há uma semana

EUA detecta primeiro caso humano de gripe aviária transmitido por vaca leiteira; risco segue baixo
EXAME Agro

EUA detecta primeiro caso humano de gripe aviária transmitido por vaca leiteira; risco segue baixo

Há uma semana

Urucum produz mais com o uso de lodo de esgoto
ESG

Urucum produz mais com o uso de lodo de esgoto

Há uma semana

Universalização do saneamento pode gerar R$ 47 bilhões para quem vive no Paraná
ESG

Universalização do saneamento pode gerar R$ 47 bilhões para quem vive no Paraná

Há 2 semanas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais