Acompanhe:

O Colégio Estadual Helena Kolody, em Cambé, no norte do Paraná, retomou as aulas na manhã desta segunda-feira, uma semana depois de um homem de 21 anos abrir fogo na escola e deixar dois estudantes mortos. Para o reinício das atividades, a segurança na porta da instituição foi reforçada. Policiais militares e agentes terceirizados vão monitorar a entrada e a saída dos alunos. O assassino foi encontrado morto, dois dias depois, na casa de custódia onde estava detido.

A Polícia Civil do Paraná prendeu na sexta-feira o quarto suspeito de envolvimento no ataque, em que morreram os namorados Karoline Verri Alves, 17 anos, e Luan Augusto, 16. O quarto acusado, um homem de 35 anos, foi encontrado na cidade de Rolândia, no norte do estado.

Apesar da retomada das atividades, a direção da escola afirmou ao g1 que, por ora, não haverá atendimento presencial externo ao público. O foco dos primeiros dias de retorno será o suporte psicológico aos alunos após o ataque.

"A Secretaria de Segurança Pública do Paraná informa que um homem de 35 anos foi preso pela Polícia Civil nesta sexta-feira (23) em Rolândia, dentro das investigações do atentado ao Colégio Estadual Helena Kolody, ocorrido em Cambé, na última segunda-feira", disse a secretaria em nota.

O terceiro suspeito havia sido preso nesta quarta-feira. Ele tem 18 anos e foi preso em Gravatá, no interior de Pernambuco, segundo a Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp-PR). Gravatá fica a 83 km do Recife.

A prisão foi feita depois de o autor do ataque ser achado morto na cela onde estava, na Casa de Custódia de Londrina, na noite de terça-feira. Ele dividia a cela com um outro suspeito preso por envolvimento com o atentado, que avisou um agente penitenciário. Um menor está apreendido por também ser suspeito de ligação com o crime.

"Na tarde desta quarta-feira (21) um outro homem, de 18 anos, foi preso por suspeita de ligação com o episódio ocorrido em Cambé. A captura ocorreu em Gravatá, no estado do Pernambuco, após expedição de mandado de prisão solicitado pela Polícia Civil do Paraná. O cumprimento contou com auxílio de policiais daquele estado. As investigações da PCPR sobre esse caso seguem em andamento", informou em nota a Secretaria de Segurança Pública do Paraná.

O corpo de Luan foi velado ontem em Cambé, e enterrado em uma cerimônia aberta ao público. O avô do adolescente disse no velório que perdoava o assassino.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Estilista italiano Roberto Cavalli morre aos 83 anos
Casual

Estilista italiano Roberto Cavalli morre aos 83 anos

Há 14 horas

Empresa da Votorantim triplica capacidade de processamento de resíduos no Paraná
ESG

Empresa da Votorantim triplica capacidade de processamento de resíduos no Paraná

Há um dia

Pai da primeira-dama Janja morre em Curitiba, aos 83 anos
Brasil

Pai da primeira-dama Janja morre em Curitiba, aos 83 anos

Há um dia

Morre O.J. Simpson aos 76 anos
Mundo

Morre O.J. Simpson aos 76 anos

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais