• AALR3 R$ 20,07 -0.64
  • AAPL34 R$ 68,92 3.20
  • ABCB4 R$ 16,74 0.30
  • ABEV3 R$ 14,10 0.57
  • AERI3 R$ 3,85 5.77
  • AESB3 R$ 10,95 2.34
  • AGRO3 R$ 30,96 0.72
  • ALPA4 R$ 20,80 1.66
  • ALSO3 R$ 19,47 2.42
  • ALUP11 R$ 27,24 1.64
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,15 3.66
  • AMER3 R$ 24,11 2.73
  • AMZO34 R$ 66,30 -0.51
  • ANIM3 R$ 5,55 1.83
  • ARZZ3 R$ 79,40 -2.41
  • ASAI3 R$ 16,00 0.25
  • AZUL4 R$ 21,94 3.98
  • B3SA3 R$ 12,15 0.91
  • BBAS3 R$ 38,56 4.22
  • AALR3 R$ 20,07 -0.64
  • AAPL34 R$ 68,92 3.20
  • ABCB4 R$ 16,74 0.30
  • ABEV3 R$ 14,10 0.57
  • AERI3 R$ 3,85 5.77
  • AESB3 R$ 10,95 2.34
  • AGRO3 R$ 30,96 0.72
  • ALPA4 R$ 20,80 1.66
  • ALSO3 R$ 19,47 2.42
  • ALUP11 R$ 27,24 1.64
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,15 3.66
  • AMER3 R$ 24,11 2.73
  • AMZO34 R$ 66,30 -0.51
  • ANIM3 R$ 5,55 1.83
  • ARZZ3 R$ 79,40 -2.41
  • ASAI3 R$ 16,00 0.25
  • AZUL4 R$ 21,94 3.98
  • B3SA3 R$ 12,15 0.91
  • BBAS3 R$ 38,56 4.22
Abra sua conta no BTG

Uber Eats muda para competir com iFood e superapp da Rappi

Segundo o Uber, a recomendação se tornou mais "calibrada" com as preferências dos consumidores
Uber Eats: mudanças no aplicativo visam facilitar experiência do usuário (Reuters/Valentyn Ogirenko)
Uber Eats: mudanças no aplicativo visam facilitar experiência do usuário (Reuters/Valentyn Ogirenko)
Por Tamires VitorioPublicado em 07/10/2020 11:43 | Última atualização em 07/10/2020 11:44Tempo de Leitura: 3 min de leitura

O aplicativo de entregas de comidas do Uber, o Uber Eats, passou por mudanças para tentar se diferenciar em um mercado extremamente competitivo: o de delivery. Para rivalizar com o iFood e a vontade da Rappi de ser um superaplicativo, a atualização vai permitir que as pessoas encontrem, de uma forma mais rápida, novos restaurantes e alimentos.

Entre as novas funções, estão os "atalhos visuais", onde ficarão registradas as comidas e os estabelecimentos favoritos do usuário. Segundo a empresa, a recomendação de novos restaurantes se tornou mais "calibrada" com as preferências dos consumidores, a fim de eles repetirem seus pedidos favoritos ou descobrir novas opções na vizinhança.

Uma das novidades é um pedido que muitos usuários de apps de delivery de comida sentiam falta: a opção de poder pedir comida em mais de um restaurante simultaneamente. No Uber Eats, agora será possível fazer isso.

As mudanças começarão a valer já neste mês, sem data confirmada e faz parte de uma onda de atualizações que os aplicativos de comida têm passado nos últimos meses.

Apetite feroz

Com a pandemia do novo coronavírus e cada vez mais pessoas em casa, os apps tiveram de se adaptar (e rápido) para melhorar a experiência do usuário. Segundo a Compre&Confie, somente em maio as compras de alimentos online aumentaram em 339%. Números como esse impulsionaram os negócios e forçaram mudanças.

A Rappi, por exemplo, está no caminho para se tornar um superaplicativo, o que indica que somente dentro de uma única plataforma é possível realizar várias coisas. Em julho, a empresa colombiana adicionou um streaming de música, uma ferramenta de lives e também jogos em seu app.

O iFood, por sua vez, fez 1 milhão de entregas ao dia no pico do distanciamento social. A empresa, inclusive, tem testado fazer entregas por drones. Além disso, ele é o aplicativo mais popular no Brasil, segundo a consultoria de dados alemã Statista, com 70% do mercado. Em seguida vem o Uber Eats, com 11%.

Em 2019, o setor faturou 107,4 bilhões de dólares, segundo a consultoria ResearchAndMarkets. Em 2020, segundo a Statista, somente no Brasil o faturamento do segmento será de 3,3 bilhões de dólares --- um crescimento de 33,5% em relação ao ano passado. Em meio aos "supers", o apetite feroz é justicável --- e resta saber quem vai saciar essa fome.

Veja Também

Amazon Prime: assinatura fica mais cara nesta sexta-feira
Tecnologia
Há 4 dias • 1 min de leitura

Amazon Prime: assinatura fica mais cara nesta sexta-feira

Fila de navios do Canal do Panamá reflete gargalo global
Negócios
Há 4 dias • 2 min de leitura

Fila de navios do Canal do Panamá reflete gargalo global