Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Site usa inteligência artificial para converter fotos em retratos antigos

Página deixa claro em seus termos de serviço que não armazena dados de usuários

São Paulo – Um novo site chamado aiportraits.com transforma suas fotos em retratos artísticos antigos. Antes de você tentar converter a sua imagem, a página deixa claro que não guarda ou comercializa os dados de usuários.

O AI Portraits foi feito com base em uma tecnologia desenvolvida por pesquisadores do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachussets) junto com a IBM, que tem a plataforma de inteligência artificial que chama de Watson.

Essa nova aplicação não apenas adiciona características peculiares de pinturas de época com base nas feições da sua foto, mas utiliza um conceito de inteligência artificial, chamado rede generativa adversa, para criar do zero novos detalhes de imagens. Com isso, fotos de diferentes estilos irão gerar resultados distintos.

No total, são usados dois algoritmos de inteligência artificial no processo de criação de retratos: um para o reconhecimento de retratos e outro para a modificação das imagens. O algoritmo do site foi treinado com 45 mil imagens de pintura a óleo, tinta e aquarela.

Veja o exemplo de transformação a seguir.

AI-Portraits

 (Lucas Agrela/Reprodução)

Logo após a transformação do seu retrato, os seus dados são apagados dos servidores, de modo a manter a privacidade dos usuários do site.

A questão da privacidade ganhou evidência nas últimas semanas em razão de termos confusos de uso e gestão de dados do aplicativo russo FaceApp, que mostra sua aparência com diferentes visuais, inclusive como idoso. A empresa esclareceu que apaga os dados de usuários após 48 horas, que os dados não são enviados à Rússia e que não comercializa informações para terceiros. Mas até chegar a esse ponto o app já tinha virado alvo de investigação do governo dos Estados Unidos, preocupado com outro caso de influência internacional em eleições presidenciais, como o ocorrido em razão do compartilhamento indevido de dados de aplicativos do Facebook com uma empresa de marketing político chamada Cambridge Analytica.

Mercado

Muitas empresas estão interessadas no mercado de reconhecimento facial, como IBM, Microsoft e Google. A tendência global, que requer algoritmos de inteligência artificial para funcionar, tem faturamento estimado em 7 bilhões de dólares em 2024, segundo a consultoria MarketsAndMarkets. A taxa de crescimento anual prevista é de 16,6%, o que deve fazer o faturamento saltar 118% de 2018 a 2024. A principal aplicação da tecnologia nesse período é para segurança pública, como já acontece no Rio de Janeiro.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também