Empresa chinesa Qihoo 360 é acusada de trapacear em testes de antivírus

Segundo comunicado emitido por AV-Comparatives, AV-TEST e Virus Bulletin, as soluções da empresa submetidas a testes eram diferentes das oferecidas aos clientes

As agências independentes de testes de antivírus AV-Comparatives, AV-TEST e Virus Bulletin revelaram nesta sexta-feira que a empresa de segurança Qihoo 360 trapaceou em suas avaliações. Segundo comunicado emitido pelas três instituições (PDF disponível aqui), as soluções submetidas pela companhia para avaliação até agora se comportavam de forma diferente das que eram vendidas aos usuários finais.

O anúncio ainda culminará na retirada de todos os certificados concedidos à marca neste ano. Em 2014, a Qihoo chegou a ganhar um selo Advanced++ e a ocupar o segundo lugar no teste semestral de uso real da AV-Comparatives divulgado no final do ano passado.

De acordo com o comunicado, “investigações feitas pelos três laboratórios descobriram que todos os produtos da Qihoo submetidos a avaliação tinha uma de suas quatro engines, fornecidas pela Bitdefender, ativadas por padrão”. Por sua vez, o motor QVM, desenvolvido pela empresa chinesa, não era ativado em nenhuma circunstância.

No “mundo real”, por sua vez, o cenário era o contrário. O quarteto de engines da Bitdefender era desabilitado por padrão, e só podiam ser acionadas nas configurações. “Mas como a maioria dos usuários não mexe nessas opções, a maioria dos testes insiste em uma usar os padrões do produto para melhores representar o uso real”, diz o texto.

A empresa chinesa confirmou que algumas das configurações foram ajustadas para as avaliações. A lista de modificações incluía ativar a detecção de keygens e programas pirateados e direcionar o antivírus em nuvem a servidores “mais próximos aos laboratórios de teste”. Por fim, as mudanças de engine fechavam o pacote.

Fonte: Virus Bulletin

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também