Tecnologia

Bloqueio no Brasil tira WhatsApp do ar na Argentina e Chile

Decisão da Justiça de São Paulo afetou usuários de outros países da América Latina


	Santiago: usuários do Chile ficaram sem acesso ao WhatsApp após proibição do Brasil
 (Rawderson Rangel/Wikimedia Commons)

Santiago: usuários do Chile ficaram sem acesso ao WhatsApp após proibição do Brasil (Rawderson Rangel/Wikimedia Commons)

Victor Caputo

Victor Caputo

Publicado em 17 de dezembro de 2015 às 11h40.

São Paulo – O bloqueio do WhatsApp no Brasil está afetando também outros países. Veículos de imprensa da América do Sul relatam que usuários de países vizinhos, principalmente Argentina e Chile, estão sem acesso ao aplicativo de mensagens.

O Diario Financeiro, do Chile, explica que isso acontece por conta de uma empresa que presta serviços a operadoras, a Level 3. Ela usa cabos submarinos e terrestres para levar a conexão até o Chile.

A Level 3 é responsável pela conexão internacional para operadoras chilenas como Entel, GTD e VTR. A solução foi recorrer a outras prestadoras de serviço que não apresentavam problemas.

Usuários da Argentina e Uruguai também foram afetados. Alguns sites relatam reclamações por parte de diversos usuários desses países. As causas, aqui, são as mesmas relacionadas à interrupção do serviço no Chile.

Alguns usuários da Venezuela compartilharam em redes sociais que estão tendo problemas para usar o WhatsApp. Não existe nenhuma confirmação até agora de que a causa do problema seja a decisão da Justiça de São Paulo.

No Brasil, o WhatsApp está fora do ar desde a 0h desta quinta-feira. A decisão partiu da Justiça de São Paulo, mas atingiu a todo o país.

Acompanhe tudo sobre:América LatinaAppsArgentinaChileWhatsApp

Mais de Tecnologia

Vício em TikTok? O que é 'brainrot' e por que o termo está tão em alta

Mais 168 cidades podem ter internet 5G a partir de sexta-feira; veja a lista

Carros autônomos: os robotáxis começam a virar realidade para a Waymo, do Google

Empresa chinesa avança em tecnologia quântica com novo termômetro de óxido de rutênio

Mais na Exame