• AALR3 R$ 20,07 -0.64
  • AAPL34 R$ 68,92 3.20
  • ABCB4 R$ 16,74 0.30
  • ABEV3 R$ 14,10 0.57
  • AERI3 R$ 3,85 5.77
  • AESB3 R$ 10,95 2.34
  • AGRO3 R$ 30,96 0.72
  • ALPA4 R$ 20,80 1.66
  • ALSO3 R$ 19,47 2.42
  • ALUP11 R$ 27,24 1.64
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,15 3.66
  • AMER3 R$ 24,11 2.73
  • AMZO34 R$ 66,30 -0.51
  • ANIM3 R$ 5,55 1.83
  • ARZZ3 R$ 79,40 -2.41
  • ASAI3 R$ 16,00 0.25
  • AZUL4 R$ 21,94 3.98
  • B3SA3 R$ 12,15 0.91
  • BBAS3 R$ 38,56 4.22
  • AALR3 R$ 20,07 -0.64
  • AAPL34 R$ 68,92 3.20
  • ABCB4 R$ 16,74 0.30
  • ABEV3 R$ 14,10 0.57
  • AERI3 R$ 3,85 5.77
  • AESB3 R$ 10,95 2.34
  • AGRO3 R$ 30,96 0.72
  • ALPA4 R$ 20,80 1.66
  • ALSO3 R$ 19,47 2.42
  • ALUP11 R$ 27,24 1.64
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,15 3.66
  • AMER3 R$ 24,11 2.73
  • AMZO34 R$ 66,30 -0.51
  • ANIM3 R$ 5,55 1.83
  • ARZZ3 R$ 79,40 -2.41
  • ASAI3 R$ 16,00 0.25
  • AZUL4 R$ 21,94 3.98
  • B3SA3 R$ 12,15 0.91
  • BBAS3 R$ 38,56 4.22
Abra sua conta no BTG

Apple tem mais um trimestre recorde e vendas chegam a US$ 89 bi

Receita cresceu 54% ante o mesmo período em 2020 e lucro mais do que dobrou, batendo 23 bilhões de dólares
Loja flutuante da Apple: marca tem mais um trimestre de vendas recorde (Getty Images/Suhaimi Abdullah)
Loja flutuante da Apple: marca tem mais um trimestre de vendas recorde (Getty Images/Suhaimi Abdullah)
Por Thiago LavadoPublicado em 28/04/2021 17:57 | Última atualização em 28/04/2021 18:04Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A Apple divulgou seus resultados trimestrais nesta quarta-feira, 28, e surpreendeu analistas e o mercado com vendas acima do esperado.

No primeiro trimestre do ano, a empresa faturou 89,5 bilhões de dólares, 54% a mais do que no mesmo período do ano passado, quando apontou receita de 58,3 bilhões.

O lucro mais do que dobrou, saindo de 11,2 bilhões há um ano, para 23,6 bilhões de dólares nos primeiros 3 meses de 2021.

A empresa afirmou que irá aumentar os dividendos em 7% e promover uma recompra de 90 bilhões de dólares em ações, o que animou investidores. As ações da empresa subiram 4% nas negociações após o fechamento dos mercados.

Na linha de produto mais importante, os iPhone, as vendas cresceram 65,5%, mostrando que os modelos lançados no final do ano passado agradaram aos consumidores. Os novos modelos de Mac e os iPad, que ganharam recentemente versões profissionais mais robustas e sistema operacional próprio se saíram ainda melhor, com aumento de 70,1% e 79% na base anual, respectivamente.

O setor de serviços, uma das principais ambições que a Apple tenta consolidar, também cresceu, ainda que aquém dos números apresentados nos produtos. O faturamento da divisão foi de 16,9 bilhões de dólares, ante 13,3 bilhões há um ano.

Com a profusão das vendas de aparelhos smartphone, computadores e tablets, a estratégia da Apple gira em torno de manter usuários dentro de seu ecossistema, e fornecer bens e serviços que funcionam com pouca ou nenhuma fricção. 

  • Não perca as últimas tendências do mercado de tecnologia. Assine a EXAME.

Veja Também

Apple testa iPhone com carregador USB para atender lei da UE
Tecnologia
Há uma semana • 3 min de leitura

Apple testa iPhone com carregador USB para atender lei da UE

Bitcoin e Apple: qual a rentabilidade de dois dos maiores ativos do mundo?
Future of Money
Há uma semana • 6 min de leitura

Bitcoin e Apple: qual a rentabilidade de dois dos maiores ativos do mundo?

Queda da Apple do pico de janeiro supera 20% com liquidação tech
Mercados
Há uma semana • 3 min de leitura

Queda da Apple do pico de janeiro supera 20% com liquidação tech

Roubo de celular: veja 5 dicas para proteger informações financeiras
Minhas Finanças
Há uma semana • 3 min de leitura

Roubo de celular: veja 5 dicas para proteger informações financeiras

Apple aposenta seu emblemático iPod
Tecnologia
Há uma semana • 2 min de leitura

Apple aposenta seu emblemático iPod