Tecnologia

Ser eco-friendly é charmoso? Bumble revela como a sustentabilidade influencia na paquera

Pesquisa do Bumble aponta que usuários da geração Z e millennials querem namorar pessoas que compartilhem das mesmas opiniões sobre sustentabilidade e responsabilidade ambiental

André Lopes
André Lopes

Repórter

Publicado em 3 de maio de 2023 às 17h59.

Última atualização em 3 de maio de 2023 às 18h32.

De acordo com a pesquisa "Trends for Dating", realizada pelo Bumble, aplicativo de namoro no qual as mulheres podem escolher quando a conversa começa, a conscientização ambiental tem impactado a busca por conexões românticas.

A tendência, conhecida como “green dating”, no termo em inglês, se popularizou entre os usuários millennials e geração Z, que são as gerações mais novas, e mais engajadas com o ativismo ecológico e ativas nos aplicativos de namoro.

O estudo descobriu que mais de 69% dos usuários entre 18 e 34 anos acreditam que é importante estar ciente de seu impacto ambiental, o que influencia não apenas quem é considerado atraente mas também quem deve ser evitado, um tipo de comportamento classificado pelo termo em inglês ''red flag'' — e servem como alerta de que eles podem não ser o match perfeito.

Logo, ser pró-meio ambiente, segundo mais da metade (59%) dos entrevistados, é charmoso e gera pontos na paquera.

Os resultados mostram que essa conscientização também influencia o comportamento em relacionamentos, com mais de 59% dos entrevistados querendo namorar alguém que compartilhe das mesmas opiniões sobre sustentabilidade e responsabilidade ambiental.

Para 70% das mulheres da geração Z, com idade entre 18 e 24 anos, é atraente alguém que está agindo para reduzir sua pegada ambiental.

Além disso, mais de 36% dos respondentes acreditam que pessoas que se preocupam com o meio ambiente são melhores parceiros porque isso mostra que são atenciosos e sensíveis, além de compartilharem os mesmos valores.

''Casais verdes''

Para mostrar interesse em um estilo de vida ecologicamente consciente e encontrar outras pessoas que se sintam da mesma maneira, os usuários do Bumble podem adicionar o selo 'Causas ambientais' ao seu perfil ou selecionar selos de interesse para 'vegetarianismo' ou 'veganismo'.

Javier Tuiran, porta-voz do Bumble, explica que proteger o planeta está na mira da millennials e geração Z e influencia cada vez mais as decisões que eles tomam em seus encontros e relacionamentos.

Segundo ele, dados da pesquisa "Trends for Dating" do ano passado revelaram que para 39% dos entrevistados era importante que seu parceiro estivesse ciente de seu impacto ambiental e para 31% que seu futuro parceiro tivesse um estilo de vida voltado para o desenvolvimento sustentável.

No fim, mudar hábitos pelo planeta e fazer isso junto parece mais fácil, divertido e romântico.

Acompanhe tudo sobre:AppsTinderPesquisa

Mais de Tecnologia

Elon Musk confirma terceiro filho com funcionária da Neuralink Shivon Zilis

Na era do vício digital, a abstinência e a liberdade de 24 horas sem WhatsApp

Agora todos poderão ver o que você comenta em um story do Instagram; saiba como

Boeing Starliner tem retorno à Terra adiado pela segunda vez

Mais na Exame