Tecnologia

Amazon corrige bug do app Kindle que apaga livros no iPhone

A Amazon soltou, nesta tarde, uma correção para um bug no aplicativo Kindle que apaga todo o acervo de livros do usuário no iPhone e no iPad

A falha no app da Amazon provocou inúmeras reclamações de usuários na App Store (Divulgação)

A falha no app da Amazon provocou inúmeras reclamações de usuários na App Store (Divulgação)

Maurício Grego

Maurício Grego

Publicado em 27 de fevereiro de 2013 às 15h41.

São Paulo — Se você instalou a versão 3.6.1 do app Kindle, da Amazon, no seu iPhone ou iPad, talvez tenha tido uma surpresa desagradável. Essa atualização recente do app para leitura de livros digitais da Amazon apaga todo o acervo do usuário no dispositivo. Depois de inúmeras reclamações de usuários, a empresa soltou uma versão corrigida nesta tarde.

Como EXAME.com constatou, após a atualização para a versão 3.6.1, o usuário precisa autenticar-se com seu endereço de e-mail e sua senha. Ele pode, então, ver seus livros armazenados na nuvem. Mas aqueles que estavam guardados no iPhone ou iPad desaparecem. 

A atualização liberada nesta tarde (versão 3.6.2) corrige o bug, mas não recupera os livros desaparecidos. Se a pessoa quiser tê-los no dispositivo, vai precisar baixá-los novamente da nuvem, um a um. Para quem tem muitos livros, não é uma notícia agradável.

Mesmo com essa escorregada, o Kindle continua sendo um dos melhores apps para a leitura de e-books em smartphones e tablets. Ele sincroniza marcadores e anotações entre diferentes dispositivos e oferece recursos que garantem boa legibilidade mesmo na telinha do smartphone. A Amazon oferece 1,5 milhão de livros digitais aos brasileiros, mas só cerca de 1.500 são em português.

Acompanhe tudo sobre:#failAmazonAppsApps para iPadApps para iPhoneComércioE-booksEmpresasEmpresas americanasEmpresas de internetiPadiPhonelojas-online

Mais de Tecnologia

Alexa, da Amazon, pode subir preço em versão mais inteligente para competir com ChatGPT

CEO da Nvidia ganha US$ 7,6 bilhões em um só dia

Muito tempo no celular? Veja dicas para diminuir seu tempo de tela

Dez anos de Spotify no Brasil: o app que extinguiu a pirataria e virou sinônimo de música

Mais na Exame