Seis seguros importantes para empresas

Conheça alguns seguros que sua empresa pode contratar para garantir seu patrimônio e o bem-estar de seus colaboradores

Independentemente do ramo de atuação de uma empresa, os riscos de precisar lidar com eventos imprevistos é sempre presente. Sendo assim, é ideal que os empresários tomem certas precauções para evitar ou minimizar os impactos que esses eventos possam causar às suas operações corporativas. 

Para que as empresas não sofram com perdas, prejuízos ou diversos problemas no dia a dia de seus negócios e produção de bens e/ou serviços, a melhor estratégia é a contratação de seguros que garantam sua segurança patrimonial, a segurança de seu corpo de colaboradores e outros que tragam tranquilidade para toda a organização. 

Quais seguros podem ser contratados pelas empresas? 

Existem vários tipos de seguro voltados para o ramo empresarial. Alguns, dependendo do ramo de atividade, são obrigatórios. Outros podem ser contratados por seu grau de importância na proteção dos bens que a organização possui, bem como do bem-estar dos funcionários que nela trabalham.  

1. Seguro patrimonial 

Nos tempos atuais, todo e qualquer empresário precisa garantir que seu patrimônio não seja perdido em alguma ocorrência inesperada. Ninguém pode prever que algo aconteça e, por esta razão, contratar um seguro patrimonial não se constitui em uma extravagância, mas em uma necessidade real para que você, independentemente do que ocorra, possa continuar suas atividades regularmente. 

Como dito acima, alguns são obrigatórios, como: seguro contra incêndios e seguro contra acidentes de trabalho. 

Outros protegem contra roubos, furtos ou algum tipo de despesa emergencial não prevista no planejamento mensal.  

2. Seguro para frota de veículos 

O seguro para frota é específico para a proteção dos veículos que a organização possui, como carros, motos, caminhões. 

Devido ao aumento exorbitante nos casos de roubos de carga, esse tipo de seguro não garante somente o patrimônio da empresa mas também a segurança dos funcionários que utilizam esses veículos. Isto acontece porque as apólices possuem coberturas contra acidentes pessoais dos ocupantes, roubos, furtos, colisões, incêndios e responsabilidade civil (que cobrem danos materiais e corporais).  

3. Seguro de vida empresarial 

Esse é voltado para proteger os funcionários que atuam na empresa, o que proporciona uma grande tranquilidade a eles, pois, caso algo lhes aconteça, possuem a garantia de que suas famílias não passarão por dificuldades financeiras. Além de ser benéfico também para a empresa porque terá um grupo de trabalhadores satisfeitos e mais produtivos. 

As coberturas variam de acordo com a apólice contratada e podem incluir: 

  • Morte natural ou acidental — a mais comum e básica nos planos. 

Ou as que são opcionais* e menos comuns: 

  • Invalidez total ou parcial causada por acidente*; 
  • Reembolso de gastos médicos e hospitalares*; 
  • Pagamento de um valor diário por incapacidade temporária*; 
  • Assistência funerária — em caso de morte do trabalhador*.

4. Seguro saúde 

    Muitas empresas oferecem esse seguro que pode incluir assistência médica e odontológica a seus funcionários, mas ele não é obrigatório. Porém, os empresários que optam por contratá-lo garantem que seus trabalhadores executem suas funções com mais tranquilidade, pois sabem que a companhia em que trabalham está cuidando deles.  

    5. Seguro de responsabilidade civil 

    Alguns ramos de atividade podem causar danos ou prejuízos a terceiros por conta de algum erro cometido durante a prestação ou execução do serviço contratado. Por isto, elas podem contratar essa modalidade de seguro para garantir o ressarcimento aos envolvidos sem prejudicar seus rendimentos. 

    Entre as atividades e empresas que estão inclusas nesses riscos, podemos citar: responsáveis pela realização de eventos, agências de turismo, agências de publicidade e/ou marketing, advogados, escolas, construtoras, contadores, empresas de engenharia e arquitetura, profissionais da área da saúde e salões de beleza.  

    6. Seguro para estagiários 

    Você deve estar estranhando essa modalidade ou sequer saber que ela existia. Porém, esse seguro é obrigatório para todas as empresas que possuem estagiários em seu quadro de colaboradores. A Lei do Estágio (nº 11.788/08) entrou em vigor no ano de 2008 e obriga as organizações a contratar um seguro contra acidentes pessoais para cada estagiário. 

    A quantidade e os tipos de seguro disponíveis para as organizações no mercado são bem diferenciados, mas é importante conhecê-los e saber a importância e os benefícios que cada um possui para que você, empresário, possa proteger seu patrimônio material e pessoal, pois eles são essenciais para o bom funcionamento de sua empresa e para a tranquilidade e segurança sua e de todos os envolvidos em suas atividades, sejam funcionários, estagiários, colaboradores temporários ou clientes. 

    Pense bem a esse respeito e busque as melhores empresas e as melhores opções dentro de seu ramo de atuação na hora de contratar seus seguros.  

    Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


    Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


    Falta pouco para você liberar seu acesso.

    exame digital

    R$ 12,90
    • Acesse onde e quando quiser.

    • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
    Assine

    exame digital + impressa

    R$ 29,90/mês
    • Acesse onde e quando quiser

    • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

    • Edição impressa mensal.

    • Frete grátis
    Assine

    Já é assinante? Entre aqui.